Geral

Rapidinhas do sábado

Ostracismo

Popular nas redes sociais, pelo menos quando posta alguma coisa patrocinada no Facebook, Wellington do Curso não é lá um Wesley Safadão quando o assunto é carisma. Hoje, no Castelão, durante o clássico Moto e Sampaio, o deputado estadual do PP perambulava sozinho, sem o usual staff, quase como um anônimo, até ser cumprimentado por um torcedor motense, quase 500 metros depois de entrar no estádio.

Alerta vermelho

Parte da bancada maranhense na Câmara Federal está em polvorosa com a possibilidade de Eduardo Cunha delatar quem recebeu propina para votar pelo impeachment de Dilma Rousseff. Dez dos dezoito representantes do estado votaram pelo afastamento da ex-presidente petista no ano passado. Destes, pelo menos quatro eram da tropa de choque de Cunha: Hildo Rocha (PMDB), André Fufuca (PP), Waldir Maranhão (PP) e Alberto Filho (PMDB). O ex-deputado do PMDB promete entregar um a um.

Companheiro?

Ao contrário do que faz parecer a imprensa alimentada pela Prefeitura de Pinheiro durante a semana, em momento algum o ex-presidente Lula fez qualquer declaração na defesa da candidatura de Waldir Maranhão (PP) a senador pelo PT do Maranhão. No release enviado pela assessoria do deputado, não há qualquer fala no sentido, apenas uma foto ao lado do petista, registrada sorrateiramente na quarta-feira, nos bastidores do ato político em que Lula comentou a sentença e se lançou pré-candidato à presidência.

Aqui não!

Aliás, entre petistas dos Maranhão, a possibilidade de Waldir ser candidato a senador pelo partido é de praticamente zero.

Ganhando terreno

Na Região Metropolitana, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) é a favorita do eleitorado como primeira opção para o Senado Federal, com o triplo das intenções de voto de Weverton Rocha (PDT) e Zé Reinaldo (PSB). O resultado tem animado articuladores políticos da parlamentar e o alto comando da articulação política do Palácio dos Leões.

Faça o que eu digo

Repercutiu negativamente entre os funcionários da Rádio Capital as criticas do senador Roberto Rocha (PSB) sobre o aumento no salário mínimo de R$ 937 para R$ 979. Faz quase um ano que radialistas, técnicos e operadores que trabalham na empresa da família Rocha não recebem salários, férias, décimo terceiro etc. Asa de Avião, no entanto, faz pouco caso da situação.

Aquecimento

O governador Flávio Dino (PCdoB) mostrou a força de seu governo neste sábado (15). Almoçou com quase todos os prefeitos da Região Tocantina filiados à Associação dos Municípios da Região Tocantina. No encontro, foram anunciadas obras para a região. O mais empolgado era o delegado Assis Ramos, de Imperatriz, que confidenciou a interlocutores que está prestes a desembarcar do PMDB sarneyzista.

Oxalá

Aos mais próximos, o vereador Astro de Ogum (PP) admite que só entra na disputa por vaga na Assembleia Legislativa se for reeleito para a presidência da Câmara de São Luís ou se fizer de Honorato Fernandes (PT) seu sucessor. Por isso o esforço do vereador para adiantar a eleição da Mesa Diretora para o próximo biênio com o proposito de “cortar as asas” do pedetista Osmar Filho.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *