Geral

Prefeita de Monção vai gastar fortuna para fornecimento de caixões por seis meses

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) denunciou nesta quarta-feira (09) o contrato celebrado pela Prefeitura de Monção para aquisição de caixões. Pelo acordo, o município vai pagar nos próximos seis meses à empresa M.M. de Sousa Jansen o valor de R$ 320 mil.

Othelino chamou atenção para os números do contrato em comparação com a população do município. Segundo dados do IBGE, Moção possui cerca de 32 mil habitantes.

“Fazendo uma conta rápida aqui, se um caixão custar R$ 500,00, terão que morrer, e espero que isso não aconteça, os amigos de Monção têm muita saúde, mas terão que morrer seiscentas e quarenta pessoas nesse intervalo de seis meses para que possam ser utilizados todos esses caixões adquiridos pela Prefeitura de Monção. Terão mais de cem mortes por mês. Então, espero que, primeiro, seja apurada a regularidade desta contratação, que ela de fato é muito estranha”.

O parlamentar fez duras críticas à prefeita Cláudia Silva (PSDB), que assumiu o mandato este ano. Segundo o comunista, a cidade está abandonada e os servidores estão com os salários atrasados.

“Mas mesmo com toda compreensão de que são apenas 07 meses, não se justifica a prefeitura não fazer absolutamente nada e deixar a população da cidade abandonada pelo Poder Público municipal, como é o caso da cidade de Monção”.