Destaques

Oposição usa caso de Márcio Ronny para atacar Flávio Dino

O caso de Márcio Ronny vem sendo usado de forma inescrupulosa pela mídia oposicionista do estado. Mesmo com toda assistência recebida pela governo estadual, tudo indica que o paciente foi orientado a não seguir recomendações médicas, além de influenciado a entrar com um processo judicial contra o Estado, no qual, inclusive, foram anexados documentos claramente alterados ( *conforme evidências abaixo*). No jogo político, essa é uma estratégia do mais baixo nível.

Ao que tudo indica, a oposição ‘esqueceu’ que Márcio Ronny tem recebido toda assistência necessária por parte do poder público estadual. O blog apurou que o suporte vai desde o auxílio de transporte, quando solicitado, até pensão especial mensal no valor de R$ 1.000,00, conforme Medida Provisória n° 164/2014. O paciente é beneficiado com o Tratamento Fora do Domicílio (TDF) e regularmente recebe atendimento em Goiânia, com direito a ajuda de custo conforme tabela do Ministério da Saúde. A mais recente viagem para tratamento foi realizada em 27 de junho, conforme comprovante da passagem.

Mesmo depois de três anos do incidente, o paciente tem garantido também transporte para atendimento médico e assistência no Centro Especialização de Reabilitação (CER) do Olho D’Água, onde iniciou o tratamento em abril de 2015, mas não deu continuidade, sendo atendido em sessões esporádicas sempre que comparecia à unidade de saúde. O governo fornece ainda a Márcio Ronny todos os medicamentos e insumos, mediante apresentação de prescrição médica.

Além de requerer os medicamentos e outros insumos, mesmo sem a solicitação do médico, uma prescrição forjada (com data adulterada) foi anexada ao processo judicial, como única prova de uma possível desassistência por parte do governo.

É como diz o ditado: contra fatos, não há argumentos. Documentos comprovam que toda a assistência vem sendo oferecida a Márcio Ronny, dentro da legalidade e conforme acordado com o paciente. Entende-se perfeitamente que os questionamentos da oposição fazem parte da política, mas não se pode aceitar que os ataques sejam baseados em provas fraudulentas e uso de um drama pessoal com interesses políticos. É jogo sujo!

Comantário

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *