Destaques

Fiasca lançamento da pré-candidatura de Sarney Filho ao Senado

No que depender do evento ocorrido nesta sexta-feira (02), organizado pelo ex-prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PV), o ministro do Meio Ambiente do governo caído de Michel Temer, Sarney Filho (PV), terá que suar muito para não terminar como lanterninha na disputa por vaga no Senado Federal.

Organizado em uma casa de show de São Luís, o ato de lançamento da pré-candidatura do herdeiro caçula de José Sarney (PMDB) reuniu, no máximo, uma dúzia de prefeitos, meia de deputados, duas dezenas de ex-prefeitos, metade do grupo de WhatsApp “Fórum da Baixada” e uma centena de políticos filiados ao Partido Verde sem programa melhor para abrir o fim de semana.

O vexame era tamanho que a organização apagou as luzes do palco para dificultar que o fracasso fosse registrado pelas câmeras. A frustração do anfitrião era de doer.

O oligarca Sarney abriu o encontro com um discurso gravado, exibido em telão. Roseana Sarney (PMDB) não passou dez minutos no evento. E, ao final do discurso, fez cara feia para os gritos de “volta guerreira” puxado pelo vendedor de camisas paraguaias Machadinho. A ex-governadora deixou a Class Eventos para brincar São João.

Só João Alberto ficou menos tempo que Roseana. O senador e presidente estadual do PMDB não permaneceu cinco minutos no lugar. Fez questão de sair sem avisar, deixando Sarney Filho na maior saia justa. A gafe caiu na conta do cerimonial, que convocou o carcará para discursar enquanto ele já estava a quilômetros do lugar.

A ex-prefeita Bia Aroso (Paço do Lumiar) era a mais animada com a candidatura de Sarney Filho. Nenzim (Barra do Corda) e o filho Rigo Teles (PV) não escondiam o constrangimento com o esvaziamento do evento. Aluísio Mendes (deputado federal do Podemos) permaneceu até o fim, mas parecia estar em outro lugar, preocupado com a prisão do aliado Antonio Aragão (PSDC) na Operação Rêmora da Polícia Federal.

Também participaram do evento o prefeito Assis Ramos (Imperatriz), os deputados estaduais Roberto Costa (PMDB), Andrea Murad (PMDB), Adriano Sarney (PV) e Edilázio Junior (PV); os deputados federais João Marcelo (PMDB), Victor Mendes (PV) e Hildo Rocha (PMDB) e os prefeitos de Bequimão, Apicum-Açu, Chapadinha, Barreirinhas, Trizidela do Vale, Turiaçu, Rosário, Alto Alegre e Urbano Santos.

Os Lobão não saíram da toca. O empresário Fernando Sarney se esgueirava pela escuridão, atordoado com a possível delação de Juquinha das Neves.

16 Comnetários

  1. Eles não podem ficar muito tempos junto e no mesmo evento por dois motivos . 1 formação de quadrilha e 2 facilitaria muito a ação da policia federal….kkk

  2. Muito pelo contrário a casa estava super lotada de políticos e de lideranças do interior do estado. Carros tinham desde o retorno da Citroen descendo no sentido da Litorânea e no outro lado chegava quase em frente ao Supermercado Maciel. Você forçou a barra Leandro Mirando. Um diferencial também observado pelos repórteres de plantão é que muito diferente dos eventos políticos organizados pelo governador comunista, onde só serva água e mais nada e com a presença só de militantes do PCdoB e do PT, lá se viu foi políticos mesmo. Um buffet de primeira com todo tipo de bebida e canapés à vontade. Além de muitas mulheres bonitas. Tudo numa descontração com o futuro senador pelo Maranhão e com a futura governadora do Estado.

    1. Ahhhh, claro, o importante e “diferencial” era o buffet! Pqp, olha o país, e a visão dos seus contribuintes, que temos!!!!!!

    2. Tá recebendo quanto pra passar essa vergonha? Vai receber em prestações ou em barras de ouro que valem mais do que dinheiro?

    3. Esse comentário supracitado,só pode ser de um oligofrênico ou de uma sinecura abandonado,vai gostar de ser estrupado assim la na pqp.

  3. Teu candidato do Costa Rodrigues vai pegar a maior surra de votos da história! Evento excelente e em harmonia total,nada DE compara ao barraco q fizeram com os vereadores q os comunistas nem água serviram. Parabéns senador Zequinha.

    1. Esse bandos de currupto vão levar uma surra esse Zequinha Sarney eu não conheço ninguém quem volta nesse vermes vão todos morrer abraçados essa oliquaquia nunca mais o povo não quer volta mais por atrazo um verdadeiro fiasco esse lançamento de candidatura dessa oliquaquia kkkk Flávio dino vai ganhar fácil desse vermes que atrazou o Maranhão cinqüenta anos em tudo

  4. Ontem ficou comprovado a força política do grupo Sarney e o descontentamento da classe política com o governo comunista. O entusiasmo dos presentes com Sarney Filho e Roseana era evidente e sob os gritos ¨Volta Roseana¨ e ¨Sarney Filho Senador¨ o evento foi um indicativo que ninguém aguenta as perseguições e as mentiras de Flávio Dino. Importante lembrar que todos estavam espontaneamente!

  5. A preocupação dos comunistas é visível, pois Roseana Sarney e Sarney Filho viveram momentos de euforia neste encontro, mostrando afinação política e, sobretudo, objetivos definidos. E a recepção dada pelo próprio amigos e lideranças a Sarney Filho – centenas de prefeitos, ex-prefeitos, vices-prefeitos, deputados federais e estaduais, vereadores e lideranças partidárias e comunitárias – mostra que o projeto segue firme e com chaces reais de vitória.

  6. Gente! Chega a ser engraçado o desespero dos comunistas. Bastou o grupo de amigos do Sarney Filho promover um encontro, para os comunistas entrarem em desespero. Calma! Foi só um encontro de Líderes e Amigos do Ministro. Foi só uma gota de perfume do vidro de leite de Rosas colhidas das sementes que o DEPUTADO, AMIGO, MINISTRO DO BRASIL, espalhou por todo o Maranhão. Foi um encontro em um espaço fechado que reuniu mais de duas mil pessoas, portanto, o desespero dos comunista!

  7. Os sarneys podem ficar tranquilos, pois nem precisará fazer campanha. Já tem este blog para assim a fazê-la. Todo dia quando abro esta pagina tem uma notinha pra me lembrar que os sarneys existem. kkkkkkrsrsrsrs…

Deixe uma resposta