Desembargador manda liberar advogado preso injustamente – Marrapá
Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Desembargador manda liberar advogado preso injustamente

Não durou 24 horas a prisão preventiva do advogado José dos Santos Ferreira Sobrinho, que foi preso injustamente acusado de fazer parte de uma organização criminosa.

Na decisão, o desembargador plantonista Celso de Oliveira reconheceu que a acusação que pesava contra Santos Sobrinho era muito frágil e não demonstra o seu envolvimento com os demais criminosos.

A polícia acusou o advogado de receber dinheiro oriundo de crime, mas foi demonstrado que Santos Sobrinho apenas recebeu honorários para defender os seus clientes, e isso não é crime.

A OAB/MA, e seu presidente Thiago Diaz, não fizeram um acompanhamento que a classe esperava para este caso, deixando o advogado injustamente preso sem assistência da casa.

3 Comnetários

  1. Conheço Dr. Santos a anos ele foi meu chefe na procuradoria do município sua índole é impecável. Homem honesto nunca faria isso

  2. Sou o advogado constituído que juntamente com os colegas Berilo e Pedro Jarbas produziram o habeas corpus e acompanharam o advogado na delegacia. Quero informar que a OAB esteve presente em todos os momentos e cumpriu com seu papel.

Comments are closed.