Geral

Concorrente de Sarney diz que entra na disputa pelo Senado para vencer

Do R7:

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) diz que vai disputar a presidência do Senado Federal com o atual presidente, José Sarney, para vencer. Momentos antes de tomar posse nesta terça-feira (1ª), o parlamentar declarou que a “unanimidade é burra” e que quer dar fim ao continuísmo no Congresso.

– Eu vou atrás de votos para ganhar a eleição. Eu vou conversar com os senadores nesse sentido. Não se trata de uma anti-candidatura nem de simplesmente discordar do consenso. Aqui se trata de se afirmar um programa para o Senado e nós vamos atrás de votos.

Rodrigues, que lançou sua candidatura independente nesta segunda-feira (31), disse que conversou com diversos senadores em busca de apoio e que foi recebido com “simpatia” por Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Eduardo Suplicy (PT-SP), Jorge Viana (PT-AC) e Cristovam Buarque (PDT-DF), além da bancada do PSB.

– Estamos dialogando porque a unanimidade é burra, como diria Nelson Rodrigues. Esse momento histórico não poderia passar sem um debate.

A senadora do PSOL Marinor Brito (PA) declarou que Randolfe é a “esperança” dos Estados do Norte do país e que sua candidatura representa o fim do “continuísmo que se perpetua no parlamento brasileiro”.

– Desde que o Renan saiu, nenhuma medida foi tomada no sentido de moralizar essa Casa. Nossa candidatura vem enfrentar as oligarquias, vem fortalecer a transparência que uma casa pública precisa ter, que é responsável por intervir nas políticas do governo.

Deixe uma resposta