Geral

Bomba: Relatório da PF revela tentáculos da ‘Orcrim’ de Ricardo Murad na imprensa do MA

Ricardo, Andrea e blogueiros reunidos para tratar estratégias de desconstrução do governo Flávio Dino.
Ricardo, Andrea e blogueiros reunidos para tratar estratégias de desconstrução do governo Flávio Dino.

O relatório da Polícia Federal que fundamenta a Operação Sermão aos Peixes mostra que a organização criminosa comandada pelo ex-secretário Ricardo Murad (PMDB) também tinha ramificações na imprensa maranhense.

No documento, os investigadores detalham como a quadrilha acusada de saquear R$ 1,2 bilhão da Secretaria de Saúde do Maranhão tentava manipular a opinião pública por meio de blogs, jornais e discursos na Assembleia Legislativa do Maranhão, com o objetivo de desestabilizar o governo Flávio Dino e atrapalhar a moralização na saúde pública do estado promovida pela gestão do PCdoB.

O relatório descreve Ricardo Murad como “grande mentor de uma organização criminosa que tem por finalidade não só desviar verbas públicas, mas estabelecer uma estrutura de poder e de domínio político”. A partir daí os agentes federais listam nominalmente os tentáculos da “Orcrim” na imprensa.

“Ricardo se mostra como um articulador que tem trânsito em todos os poderes e instâncias administrativas; pauta os discursos de sua filha Andrea Murad na Assembleia; tenta manipular a opinião pública e desestabilizar o atual governo por meio dos blogs de Gilberto Leda, Marco d’Eça, Luís Cardoso, Zeca Soares, Luís Pablo e do Jornal O Estado do Maranhão”, diz o relatório.

Relatório da Polícia Federal descreve como a quadrilha comandada por Murad atuava na imprensa.
Relatório da Polícia Federal descreve como a quadrilha comandada por Murad atuava na imprensa.

Os delegados usam como caso concreto a licitação para a escolha das instituições incumbidas de administrar os hospitais da rede pública estadual, realizada pelo Governo do Maranhão no início deste ano. O resultado foi contestado pela deputada Andrea Murad, com ampla repercussão nos veículos de comunicação da oligarquia, mas a Justiça acabou por reconhecer a legalidade das contratações.

“Ricardo mobilizou uma estrutura com o fim de impugnar a licitação da Secretaria de Saúde. Utilizou-se de uma ação popular movida pela Assembleia, encabeçada por sua filha Andrea Murad; usou sua influência para tentar impugnar a licitação também pelo Tribunal de Contas do Estado e, por meio de um mandado de segurança movido por uma das concorrentes da licitação, a IDAC – Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania, no qual o proprietário Antônio Augusto Silva Aragão tem estreitas relações com o investigado. Tentou manipular a opinião pública por meio de informações publicadas na imprensa e nos principais blogs”, descreve o texto enviado à Justiça Federal.

O relatório não deixa claro a que custo jornalistas, blogueiros e o jornal da família Sarney cumpriam as ordens do cunhado da ex-governadora Roseana, no entanto, dá a entender que estes eram peças fundamentais para o funcionamento da organização criminosa desbaratada na semana passada.

12 Comnetários

  1. Quem com porcos anda farelo come. Cade a ética desses jornalistas para defender um bandido como Ricardo Murad? Esses jornalistas da mirante deveriam estar presos, afinal defender bandido e acusar gente de bem não é crime?

    1. Mais quem falou que Luis Cardos e Luis Pablo são jornalista, são apenas dois vagabundos que se locupletam deste tipo de safadeza, desvios de verbas públicas e outras mazelas ou seja vierem bajulado ladrões do tipo de Ricardo Murad e tantos outros vagabundos iguais a eles

  2. Ricardo Bilhão Murad, é um mafioso de verdade, imita a ficção como no filme O poderoso Chefão, “aquela cena do filme, quando o filho de D. Corleone, no restaurante mata o mafioso e um oficial da polícia, no outro dia a imprensa mercenária e vendida publicava a vida pregressa do oficial, manipulando a opinião publica contra o policial como um elemento mau caráter que não tinha valor e que denegria a imagem do orgão de segurança. Ricardo Bilhão Murad, é de fato adepto de: Quando a ficção imita a realidade.

  3. Mas quem não sabe que esses blogueiros não recebiam pra defender o bandido murad eles juram pela mãe deles que alibaba murad nunca desviou um centavo do governo.

  4. Ainda tem “programa de radio”,fazendo elogios,o chamando de “trator”,”homem bom”,”ele foi bom prá mim”.Como se a Secretaria de Saude fosse privada,prá atender as pessoas que ele bem entendesse.

  5. Se duvidar esses jornalistas estudaram na mesma faculdade que o Ladrão Murad! Ou melhor, NUNCA sentaram numa faculdade para aprender o que é jornalismo e muito menos ética!
    Cadeia neles!!!!!

  6. Tem que acontecer com ele, o mesmo que aconteceu com o então senador Delcídio Amaral, está atrapalhando; cadeia nele, o senador blindado de poder, mas a lei mostrou que está acima desses chefões que se acham poderosos, o Ricardo bilhões não tem imunidade parlamentar alguma, cadeia nele, perda de mandato de sua filha que está a serviço do crime organizado da política deles

  7. Luis Cardoso é funcionário da assembleia legislativa lotada no gabinete de Andreia Murad.

  8. LEANDRO, DESSA CARRIOLA TODA , FALTOU A POLÍCIA FEDERAL CITAR LINHARES JÚNIOR (JP) E ROBERT LOBATO(SARNO-PETISTA).

Comments are closed.