Geral

A polêmica das concessões de rádio e TV para políticos

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo Silva, anunciou que lutará para que os políticos sejam proibidos de ter concessão de rádio e TV.

– O congressista não pode ter concessão, para não legislar em causa própria -defende o ministro.

Por razões óbvias, ele duvida que o Congresso aprove a medida. Sessenta e um  políticos eleitos possuem emissoras rádio ou TV.

José Sarney, por exemplo, é o ‘homem por trás da cortina’ do governo Dilma. Sua família e detentora de rádios AM, FM e emissoras de TV por todo o Maranhão. Seus aliados reforçam o sistema midiático do ‘Cidadão Kane’ nordestino.

O atual ministro de Minas e Energias, Edison Lobão é dono do Sistema Difusora. Pedro Fernandes e Manoel Ribeiro são donos da TV Praia Grande. Até o deputado – quase desempregado – Roberto Rocha tem se alinhado aos interesses do grupo Sarney para tentar resolver suas pendengas no quadro societário da TV Cidade.

Não brinca com fogo, Paulo Bernardo.