Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Médico convidado para equipe de Bolsonaro fraudava plantões no Socorrão

O médico Allan Garcês, escolhido por Bolsonaro para compor a equipe de transição, fraudava o ponto quando trabalhava no Socorrão 2 para receber por um colega que havia abandonado o emprego.

No ano de 2008, o médico bolsominion assinava os plantões das segundas-feiras no hospital Clementino Moura, em São Luís, em nome do Dr. Gustavo, que também trabalhava em Imperatriz e, três meses depois, abandonou o emprego por conta da dificuldade logística.

Allan então herdou a vaga e recebia pelo médico, fraudando o plantão do amigo. Ele assinava dois pontos e recebia por ambos.

O esquema só parou em 2010, quando Allan Garcês se negou a prestar atendimento a um paciente no centro cirúrgico, já que ele estava atendendo no ambulatório, e a pessoa veio a óbito.

A prática é de conhecimento de todos que trabalhavam com Allan Garcês no Socorrão 2 na época.

Será que Bolsonaro está sabendo disso?

9 Comnetários

  1. Hahahaha isso é só uma parte do caráter duvidoso desse senhor aí. Não é segredo pra ninguém que convive com ele ou que o conhece… cheio de falcatruas e condutas duvidosas. Exemplo maior disso é que os especialistas colegas de ortopedia, são tão parceiros dele quanto galinhas da raposa. E olha que eu me considero bolsominion, heheheh. Péssimo começo.

  2. E no Socorrao 1, que ele cansou de deixar crianças em jejum aguardando cirurgia e desmarcava varias vezes. Inventava qualquer desculpa pra não ir. É muito desumano esse doutorzinho!!!

  3. O Bozo não dá uma! Só se junta com quem não presta. Disse que era contra a corrupção mas está conservando no poder vários corruptos dando a eles por “meritocracia” um ministério na sua equipe de governo.

  4. Isso é porque vocês não sabem das falcatruas que ele fazia para não dar aula na ufma, matou um monte de parente, para faltar aulas, chegava estupidamente atrasado e dava mal meia hora de aula e dessas meia hora, 15 minutos era falando de política e exaltando o antigo amor dele “Aécio”.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + sete =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.