Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Bolsonaro já manda e desmanda no governo Temer

De acordo com a Folha de São Paulo, emissários de Jair Bolsonaro (PSL) pressionaram o presidente Michel Temer, e ele decidiu congelar as nomeações de quatro vice-presidentes da Caixa Econômica Federal.

O jornal informa que o candidato quer ele próprio chancelar, se eleito, os nomes para cargos-chave do governo que estão em aberto e seriam escolhidos pelo emedebista.

Temer teria recuado de nomeações para cargos de direção em agências reguladoras após tratativas com representantes de Bolsonaro.

Segundo a Folha, o gesto de Temer para o capitão mira em favores futuro, como a permanência de aliados em alguns cargos e a manutenção de programas da atual gestão.

Para os que ainda tinham dúvidas de que o governo Bolsonaro será a continuação do governo Temer…