Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Quanto mais a oligarquia bate, mais Eliziane e Weverton crescem

“Quanto mais bate, mais cresce”, diz uma conhecida expressão usada principalmente em campanhas eleitorais. No caso dos candidatos a senadores da chapa de Flávio Dino, o ditado como uma luva.

Há menos de um mês, Eliziane Gama e Weverton Rocha brigavam ponto a ponto com Sarney Filho e Edison Lobão pelas duas vagas no Senado Federal. Os quatro apareciam tecnicamente empatados nas pesquisas, com uma leve vantagem em favor dos candidatos da oligarquia.

Foi então que o próprio José Sarney resolveu tomar as rédeas da candidatura do filho caçula, em resposta à entrada de Dino na campanha dos aliados. O episódio ficou marcado por um artigo publicados no jornal O Estado do Maranhão em que o oligarca-mor escreve impropérios desqualificando os adversários de Zequinha. A partir dai, o tom do programa eleitoral do candidato senador do PV mudou. E o vento virou em favor da dupla governista.

O menos conhecido entre os candidatos a senadores com chances de vitória, Rocha passou a surfar na rejeição dos Sarney depois de derrubar com firmeza e segurança os factoides de sempre publicados pelo EMA. O pedetista se aproveitou da exposição para demarcar sua posição na política local e nacional, garantindo assim a simpatia de indecisos, além do apoio de eleitores de Lula e Dino.

Com o crescimento e a tendência de liderança de Weverton, Eliziane passou a ser alvejada pela fábrica de mentiras do Sistema Mirante, na tentativa de pelo menos salvar a eleição de Zequinha. As investidas contra a deputada, contudo, não resultaram na reação desejada, e Gama também se isolou no segundo lugar das pesquisas, favorecida pela solidariedade de eleitores aos ataques à sua família.

Foi então que a campanha de Sarney Filho usou sua última cartada. Sem qualquer pudor, muito menos temor das sanções da Justiça Eleitoral, o pasquim do grupo Sarney confeccionou meio milhão de jornais com fake news contra a dupla dinista para jogar de avião nos quatro cantos do estado. A intenção era a de influenciar na escolha dos indecisos à véspera do pleito, mas a armação foi desbaratada pela Polícia Federal a tempo de evitar maiores prejuízos.

Desde então os dois não pararam mais de crescer, confirmando as projeções recentes e apostas antigas do Marrapá.

A dois dias da eleição, os cenários Ibope, Data Ilha, Data M, Econométrica, Exata e Big Data são favoráveis para Weverton e Eliziane, e o desfecho vai se desenhando para a renovação da bancada na Câmara Alta, com representantes oriundos do povo, sem sobrenomes tradicionais e com vigor para lutar pelos interesses do Maranhão.

Comantário

  1. Adeus oligarquia cleptocla sarneys Rose engana Muradisss loboeesss….. adeus para sempre….adeus a todos …. MARANHÃO LIBERTO….. MARANHÃO FLÁVIO DiNO reeleito em primeiro turno com 90% dos votos….. MARANHÃO ELIZIANE GAMA…….. MARANHÃO WEVERTON ROCHA…… VITÓRIA DE DEUS…….e nossos votos em FICHA LIMPA.

Comments are closed.