Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Edilázio sentencia derrota de Alexandre Almeida: “tá morto politicamente”

Elias Lacerda – Quem assistiu ao duro discurso do deputado estadual e candidato a deputado federal Edilázio Júnior (PSD) em Timon na noite de ontem, domingo (30), não precisou se esforçar muito para saber que o destino das palavras do deputado eram o candidato a senador Alexandre Almeida. A fala do deputado Edilázio Júnior aconteceu no final de uma caminhada organizada pela candidata a deputada estadual, vereadora Socorro Waquim (PMDB). (Veja no vídeo acima)

No vídeo abaixo o deputado dispara duras críticas a Alexandre que é chamado de “Galeguinho dos Olhos Azuis”. Enquanto ataca Alexandre, Edilázio é aplaudido pelo público presente aliado de Socorro Waquim, uma demonstração clara de que ao contrário de 2016 quando foram aliados nas eleições municipais para vencer o prefeito Luciano Leitoa, neste pleito os dois grupos caminham em direções totalmente opostas. E com fortes divergências.

“Tem um galeguinho aí, um galeguinho dos olhos azuis que andou falando besteira, tá queimado. No dia 31 de janeiro ele aos 35 anos encerra a vida pública dele, encerra a carreira política dele porque na política não tem vez para traidor. Graças a Deus se nós aparecemos em todas as pesquisas como um dos deputado federais mais votado do Maranhão é por conta da minha postura, é por conta da minha coerência, enquanto estava Roseana no governo eu estava ao lado dela, agora que nós estamos nas tacas eu estou do lado dela diferentemente desse que aí está, que chamava de madrinha, que chamava de rainha e depois deu as costas. E com Lobão não era diferente, diversas vezes ia lá no gabinete em Brasília pedir favor ao senador Lobão e quantas vezes o senador Lobão estendeu as mãos e agora paga com traição. E é por isso senador Lobão que no dia 31 de janeiro o destino dele é o João Germano bem aqui atrás ó! É o cemitério e tá morto politicamente…”, disse o deputado Edilázio Júnior.

Roseana não deu as caras em Timon, mas vieram para o evento os candidatos ao senado Lobão e Sarney Filho.