Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Rapidinhas da quarta-feira

Garoto Mídia

O ex-diretor do Procon e candidato a deputado estadual, Duarte Júnior, está surfando na onda da sua fama de Garoto Mídia. A campanha do postulante a uma das vagas na Assembleia Legislativa tem ganhado corpo, principalmente nas redes sociais, ambiente que ele soube trabalhar muito bem durante a sua passagem no governo do Estado. Mostrando propostas, projetos que executou e diálogo direto com a população, Duarte já desponta como um dos favoritos a uma cadeira no Palácio Manuel Beckman.

Maragato

A força do deputado federal e candidato ao Senado, Weverton, dentro do seu partido, o PDT, pode alavancá-lo para uma eleição em que começou como azarão na disputa. Na próxima sexta-feira, o presidenciável da sigla, Ciro Gomes, estará em São Luís para uma caminhada de apoio a Weverton e Flávio Dino. O bairro ainda não foi definido pela organização, mas o horário deve ser pela manhã. Essa é a segunda vez que o ex-governador do Ceará vem ao Maranhão declarar apoio ao candidato ao Senado do PDT.

Contagiosa

Pegou muito mal para Roseana Sarney a desculpa de que não compareceu a três sabatinas ontem por conta de uma virose. Ao informar que não apareceria no encontro dos empresários com candidatos ao governo do Maranhão, primeiro ela alegou agenda cheia, desprezando completamente a importância dos empreendedores do estado. Logo depois ela soltou outra nota dizendo que estava era doente. Pelo visto a única enfermidade que Roseana anda tendo ultimamente é a alergia a conversar com o povo do estado sobre as suas propostas.

Escutec

Depois de vinte dias de campanha oficial, finalmente os sarneyzistas terão uma alegria para comemorar. É que a pesquisa Escutec, paga por Roseana, que será divulgada pelo jornal O Estado do Maranhão na edição de amanhã, virá com resultados animadores para a oligarquia. Como o blog sabe disso? Desde segunda-feira o levantamento final realizado pelo instituto está correndo solto pelos grupos de WhatsApp.

Escutec II

O levantamento da empresa ligada à Máfia de Anajatuba que atende aos interesses da família Sarney será o primeiro realizado no Maranhão que não dará a reeleição de Flávio Dino no primeiro turno. Com a distância entre o governador e Roseana em meia dúzia de pontos, os asseclas do sarneyzismo farão festa com o fato do levantamento apontar um possível segundo turno. Eles só esqueceram que, se levarmos em consideração a margem de erro, até assim Dino acabará com a eleição logo no dia 07 de outubro.

Escutec III

No cenário para o Senado, o abismo da Escutec será maior ainda. A tendência é que a pesquisa infle os números de Sarney Filho e Edison Lobão, com leve vantagem para o segundo, que é mais conhecido e possui posição de liderança entre os maranhenses. O objetivo é minar a candidatura dos senadores ligados a Flávio Dino, Eliziane Gama e Weverton, que vem crescendo ao longo da campanha.

União

Falando nos senadores de Flávio Dino, o governador já percebeu que é real a chance de eleger seus dois candidatos, Eliziane Gama e Weverton. Por isso, chamou ambos para o canto e pediu que as campanhas sejam unificadas para que eles continuem a crescer juntos. Aliado a força de Dino, que possui 60% das intenções de votos, segundo a maioria das pesquisas, a tendência é que, faltando um mês para as eleições, eles ultrapassem os sarneyzistas na luta pelas duas cadeiras do Senado.

Alvo

Talvez pelo crescimento da sua campanha, a deputada estadual Eliziane Gama começou a ser alvo de desconstrução da máquina de moer reputações da oligarquia Sarney. Ela sofrerá muito nos próximos dias. O objetivo é frear a ascensão da candidata. Preparada para isso, ela até montou um bunker jurídico para reagir a altura e com agilidade.

Não empolga

Enquanto os candidatos de Flávio Dino crescem a cada dia que se tornam mais conhecidos no estado, Sarney Filho sofre com o processo inverso. Se vendendo como novo, mesmo tendo mais de 30 anos de vida pública em Brasília, os seus programas não empolgam e sua campanha está estagnada. Pesquisas qualitativas reprovaram suas propagandas. Marqueteiros já defendem que ele abandone a marca Sarney Filho e assuma o Zequinha para fugir da rejeição da família.

Cheiro de povo

De todos os programas eleitorais exibidos até o momento, o de Roberto Rocha é de longe o pior. A passagem em que ele fala que o Maranhão precisa de “cheiro de povo” já virou chacota nas redes sociais. Para quem alergia a voto, falar uma coisa dessas não pega muito bem. Com propostas vazias, plagiadas e sem sentido, a campanha do autointitulado Asa de Avião não decola de jeito nenhum.

Racha

Por falar em Roberto Rocha, a Rede está insatisfeita com o candidato ao governo e ameaça romper a aliança com o PSDB ainda esta semana. A tendência é que o partido deixe de pedir votos para o senador, que causa um racha atrás do outro dentro do seu próprio grupo.

3 Comnetários

  1. Para o povo do Maranhão Roberto Rocha tem “cheiro de nojo”. No estado que recebeu o traidor da Inconfidência Mineira, Joaquim Silvério dos Reis, nos idos de um Brasil Colonial, imaturo e incoerente, os atuais maranhenses rechaçam os traidores. É assim que o povo vê e se refere ao tal senador. Mas deixando os NADAS ao ostracismo, alguém pode me responder :
    1- qual a profissão de Zequinha Sarney ??
    2- Garoto-aplauso sabe que lá na Assembléia Legislativa não tem aplausos ??
    3- por quê Weverton Rocha não foi preso depois que pagou uma “obra” não realizada, no Ginásio Costa Rodrigues ??

    Eita Maranhão sem sorte …

  2. Se ele não foi preso porque tem bons advogados , vê se alguém da oligarquia foi preso claro que não eles tem dinheiro e olha que são os maiores corruptos da história do maranhão.falando em pesquisa ainda faltam ser divulgadas duas do instituto Ibope a sarneysada pagou por três já estou vendo nas últimas duas a “guerreira” empate ou na frente de Dino será a piada desta eleição. O candidato da oligarquia dizendo que é novidade na eleição e sentado junto com quebradeiras de coco tentando passar a imagem de simples e humilde é a coisa mais podre que já se viu nesta campanha

  3. Blogueiro você está redondamente enganado. A Roseana tá crescendo muito no interior do Estado, isso porque pesa muito o excesso de apreensões de motos feito por Dino. E outra, Dino foi na TV dizer que reduziu os impostos, e nós sabemos que isso não é verdade, pelo contrário, ele os aumentou; com a palavra os pequenos empresários. Dino prometeu muito e fez quase nada, e ainda continua com o discurso que já não “cola” mais, que a culpa ainda é do Sarney. Por último, pede mais um mandato, isso porque os primeiros quatro anos foram insuficientes. Percebo o governador perdendo o controle da “nau”. Ele não terá, nem de longe, a mesma votação que o consagrou a quatro anos atrás, e isso as urnas mostrá.

Comments are closed.