Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

De cabeças degoladas e toques de recolher, MA vira exemplo de redução de violência

Nos anos de 2013 e 2014, o Maranhão ficou mundialmente conhecido pelas cabeças degoladas em Pedrinhas, ônibus incendiados com mortes até de crianças e toques de recolher de facções criminosas. Tudo isso ocorreu durante os desgovernos de Roseana. Passados quatro anos, após gestão firme de Flávio Dino, hoje o estado é citado como exemplo de redução da criminalidade pelo portal G1.

O site do Grupo Globo divulgou mais uma parcial do Monitor da Violência, que mede a escalada da criminalidade nos estados. E, mais uma vez, o Maranhão aparece como um dos poucos do Brasil que freou o aumento da violência no Brasil.

Segundo o site, apesar do sinal amarelo seguir aceso na maioria do Brasil, “alguns estados vêm conseguindo resultados consistentes na redução das taxas de homicídios. Paraíba e Maranhão, no Nordeste, Rondônia, no Norte, e Espírito Santo e Brasília são cinco exemplos”.

A reportagem do G1 expõe que, no Brasil, a engrenagem que vem fazendo o país bater recordes sucessivos de mortes intencionais violentas desde 2014 continuou girando em alta velocidade no primeiro semestre deste ano. “Mais uma vez, a situação é mais grave nos estados das regiões Norte e Nordeste, que ocuparam as dez primeiras posições do ranking nacional de homicídios”, diz a matéria.

O Maranhão, que figurava até 2014 na lista dos estados mais violentos do país, conseguiu sair desse triste ranking e hoje é citado como exemplo de diminuição da violência, com sucessivas quedas de mortes intencionais violentas.

De acordo com o G1, o fator responsável por essa mudança de patamar é a melhoria “da governança por meio de estratégias traçadas a partir de análise criminal, que concentrou o foco das polícias nos locais mais violentos do estado – tendo atenção especial à investigação dos homicidas. Esses casos parcialmente bem-sucedidos mostram que a redução das taxas não é uma utopia e pode ser alcançada em prazo curto, desde que enfrentada com políticas públicas adequadas”.

A mudança prometida por Flávio Dino é evidente na área da segurança pública. De mal exemplo durante os governos Roseana, em que a violência cresceu exponencialmente, hoje o estado vem acumulando diminuições sucessivas com investimentos maciços na modernização das forças de segurança, valorização dos profissionais e comando firme no combate à criminalidade.

Entre os principais feitos alcançados com a organização das Forças de Segurança do Estado está a saída de São Luís da lista das 50 cidades mais violentas do mundo. A diminuição notada ano após ano desde 2014 é destaque no G1 e tem melhorado a vida de todos os maranhenses.

4 Comnetários

  1. No governo Flávio Dino o Maranhão melhorou infinitamente pra melhor, somente aqueles que tinham um contratinho do estado ganhando um belo salário sem sabe de nada e sem ter experiência nenhuma é que faz vista grossa, a realidade tá aí, os fatos estão aí . Trabalho, segurança, saúde , educação tudo muito melhor hoje por isso que é 65 dinovo

  2. Só não acha que melhorou aqueles que perderam suas boquinhas ou melhor, o faz me rir fácil, vão trabalhar bando de viúvas
    É 65!

    1. Vdd meu amigo… as viúvas da oligarquia DESGRAÇADA vai continuar sem as tetas do Estado pra mamar… vao trabalhar bando de vagabundos… vou logo avisando sou concursado não preciso de governo nenhum…. é 65% Dinovo… XÔ Oligarquia Desgraçada …nunca mais !!!

Comments are closed.