Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Condenado, jornal dos Sarney descumpre ordem do TRE e pode pagar R$ 100 mil

O jornal O Estado do Maranhão – de propriedade da família Sarney – foi novamente condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) a cumprir decisão judicial e dar direito de resposta à coligação ‘Todos Pelo Maranhão’ sobre a farsa da inelegibilidade de Flávio Dino, publicada na capa do periódico. Eles têm 48 horas para cumprir a decisão sob pena de multa de R$ 100mil.

Na sentença, o desembargador José de Ribamar Castro é claro ao cobrar do jornal dos Sarney o cumprimento do direito de resposta para as farsas divulgadas acerca da inelegibilidade de Flávio Dino no pleito de outubro. Após descumprir ordem do TRE, o pasquim vem se esquivando da decisão e agora foi obrigado, novamente, a fazer justiça após a disseminação de inverdades.

De acordo com o desembargador, “ante o caráter meramente devolutivo do recurso, intime-se a parte embargante, a fim de que dê, no prazo de 48h, cumprimento integral a determinação emanada deste juízo (id 29012), sob pena de multa no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais)”.

O jornal dos Sarney será obrigado, de novo, a divulgar o direito de resposta pedido pela coligação ‘Todos Pelo Maranhão’. A não ser que decida pagar multa para não repor a verdade dos fatos.