Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Sarney e o Ursal

Em artigo semana em seu pasquim, O Estado do Maranhão, José Sarney destila seu rancor com o Maranhão pós-regime oligárquico e sempre aproveita para insultar seu adversário, o governador Flávio Dino.

Nas palavras da edição deste sábado, o oligarca age como uma espécie de Cabo Daciolo maranhense, presidenciável que ficou famoso pela revelação do Plano URSAL (União das Repúblicas Socialistas da América Latina).

Assim como Daciolo, José Sarney ataca países de regime comunista, mas para acertar Flávio Dino. O oligarca utiliza-se de elementos da teoria recorrente entre setores conservadores delirantes da direita brasileira para se lamuriar do cumprimento da lei que retira o nome dos seus familiares vivos de repartições públicas.

O disparate é tão grande, que Sarney usa o artigo somente para reclamar do fato de Flávio Dino ter retirado o nome dele de mais de 100 escolas.

Pelo visto, José Sarney também acredita em Ursal. Não se sabe se pela idade ou por conveniência política.

8 Comnetários

  1. Graças a DEUS e a lei —-não pode usar nomes de pessoas vivas em prédios, escolas, etc —–MARANHÃO LIVRE DOS SARNEYS E DO NOME =SARNEY= NOS PRÉDIOS PÚBLICOS ——GRAÇAS A DEUS —–MARANHÃO LIBERTO DOS SARNEYS—–ROSE ENGANA—–MURADS—-LOBÕES ……..NOVO MARANHÃO DE FLÁVIO DINO —– MARANHÃO LIBERTO .

    1. Livre sim da oligarquia do compadril,porém subjugado pelos tentáculos lulopetistas das comunas totalitárias do submundo subversivo.O Maranhão está condenado ao eterno subdesenvolvimento humano graças a ideia de Estado padrinho ou patrão.

    2. Cara, não me leve a mal, mas esse texto em caixa alta e mal fortadado desse jeito, só faz com que ninguém o queira ler. Abraço!

  2. Livre sim da oligarquia do compadril,porém subjugado pelos tentáculos lulopetistas das comunas totalitárias do submundo subversivo.O Maranhão está condenado ao eterno subdesenvolvimento humano graças a ideia de Estado padrinho ou patrão.

  3. Amigo, a verdade é: Sarney está caducando.
    Só sabe se lamentar e falar bobagem, em vez de se arrepender dos pecados antes de partir dessa vida.
    Nosso governador estará no poder por mais 4 anos nem que Sarney não queira.

Comments are closed.