Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Wellington do Curso é condenado pelo TRE por propaganda antecipada

Paladino da moral e do combate a propagandas pagas com dinheiro público, parece que Wellington do Curso (PSDB) viu seu oportunista discurso virar contra ele mesmo. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão decidiu pela retirada de propaganda do pré-candidato a deputado estadual contida em uma van adesivada com seu nome e sua foto.

Wellington do Curso insistia em circular com o veículo com o objetivo de fazer campanha eleitoral antecipada. O “Gabinete Móvel” conta com inscrições como “Essa luta é por você” e é um claro caso de propaganda da sua candidatura, o que burla as regras eleitorais. Neste período, é vedado pela legislação eleitoral esse tipo de prática.

De acordo com o artigo 2º da Resolução TSE nº 23.551/2017, propaganda eleitoral antes do prazo de 16 de agosto, configura propaganda eleitoral antecipada. A Resolução estabelece também que as publicidades em veículos devem se submeter a uma limitação de área de 0,5m².

Diante deste caso, o TRE determinou a imediata retirada da propaganda do “Gabinete Móvel” sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil.

Fariseu defensor da legalidade na política, Wellington do Curso confirma a cada dia que seu discurso não passa de engodo para enganar a população. O deputado é reincidente neste tipo de condenação, já que, nas eleições de 2016, ele chegou a ter o veículo apreendido pelo mesmo motivo.

Comments are closed.