Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Empresário Paulo Octávio mira Senado para voltar a dar as cartas na política

O mega-empresário de Brasília, Paulo Octavio (PP/DF), mira uma das vagas disponíveis no Senado Federal para voltar a dar as cartas na política do Distrito Federal.

Octavio é dono de dezenas de prédios e shoppings centers do DF. Em 2010 assumiu como governador interino, após prisão de José Roberto Arruda (PP) no esquema do Mensalão do DEM, mas teve que renunciar para que não tivesse aceito, pela Câmara Legislativa do DF (CLDF), seu pedido de impeachment e cassação do mandato.

Nos bastidores do Congresso Nacional, a avaliação entre fontes é que Octavio tem garantida uma das vagas ao Senado “por ser um típico cidadão que agrada todo mundo, não tem quem fale mal dele”.

No último domingo, 05, o PP confirmou o nome de Octávio concorrendo a uma das duas vagas para o Senado. Já na manhã desta terça, 07, a polícia civil do DF deflagrou a Operação 12:26, que apura tráfico de influência e advocacia administrativa no coração do GDF.

Os investigadores apuram irregularidades na construção do luxuoso Shopping Iguatemi e em pagamentos feitos pela Secretaria de Saúde do DF. Paulo Octávio é um dos donos do Iguatemi, e uma das ações apura se houve tráfico de influência em relação à compra do terreno da sucursal do shopping em Brasília, situado no Lago Norte, região nobre da Capital.

O nome da operação (12:26) é uma referência ao provérbio bíblico do Antigo Testamento: “O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a perder-se”.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − dez =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.