Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

PSDB cruza com máfias em coligação no Maranhão

O PSDB do senador Roberto Rocha conseguiu, nos 45 minutos do segundo tempo, adesão de dois controversos partidos no Maranhão: o PMN de Eduardo Braide e o PHS de Jorge Arturo.

As nanicas legendas são marcadas no Maranhão por dois episódios que ganharam os noticiários do estado pelo envolvimento dos seus presidentes.

Jorge Arturo, mandatário do PHS, é um dos acusados de integrar a Máfia da Sefaz, que foi denunciada pelo Ministério Público por rombo de mais de R$ 400 milhões nos cofres públicos. O advogado era uma espécie de operador da organização criminosa e ganhou a alcunha de ‘Rei dos Precatórios’.

Já o deputado Eduardo Braide, dono do PMN no Maranhão, tem relações estreitas com a Máfia de Anajatuba, organização que saqueou os cofres do município durante a gestão do ex-prefeito Hélder Aragão. O parlamentar manteve empregado em seu gabinete alguns nomes envolvidos no escândalo.

É com esse tipo que o PSDB está se cercando para concorrer às eleições de 2018. Para um partido que já está mergulhado na lama da corrupção nacionalmente, inclusive com ex-presidente nacional da legenda preso, não é de se estranhar esse tipo de aliança.

2 Comnetários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 2 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.