Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Rapidinhas da segunda-feira

Empolgação x desespero

Aliados do governador Flávio Dino estão cada vez mais empolgados com a possibilidade de garantirem as duas vagas para o Senado Federal. Além de 11 vagas da Câmara, o que é de longe a maioria e deve fortalecer o Palácio dos Leões em uma eventual reeleição do governador. Já no grupo Sarney o clima é de salve-se quem puder. O certo nas contas dos oligarcas é que Lobão ou Sarney Filho devem ficar no caminho, isso se os dois não ficarem. E José Sarney, óbvio, tem se mobilizado pela eleição do filho. Ainda que isso represente o enterro político do fiel escudeiro Lobão.

Pode isso, Arnaldo?

A caravana do Asa – não pensem que é a banda de axé da Bahia, mas sim do senador Roberto Rocha – continua rodando o Maranhão a bordo do ônibus alcunhado por internautas de “Traíra Móvel.” Proibido pela Justiça de fazer propaganda eleitoral antecipada usando o seu veículo, RR arrumou outro jeito de burlar as leis. Agora, ele e os seus pupilos que se acham pré-candidatos de alguma coisa, estão estampando um adesivo com o número 45 no peito. Pode isso, Arnaldo?

Abre o olho, MP!

É preciso que o Ministério Público Eleitoral abra o olho para esse tipo de abuso que está sendo cometido pelo senador Roberto Rocha. A Justiça só tem se movimentado para esse tipo de irregularidade apenas quando estimulada por representação de alguns partidos políticos. Apesar das decisões acertadas, é preciso que o MPE toma iniciativas e corte pela raiz tentativas de propagandas eleitorais antecipadas como as de Roberto Rocha.

Sobrou comida

O ex-todo-poderoso do governo Roseana não é mais o mesmo. Sobrou muita comida no evento político promovido por Ricardo Murad em Coroatá. E o motivo não foi a fartura do regabofe, mas a ausência de apoiadores ao seu projeto familiar. Depois de ter que cancelar ato na cidade que contaria com a presença da ex-governadora, o ex-mandatário da saúde não reuniu mais que uma dúzia de gatos pingados em jantar promovido neste final de semana. Várias lideranças políticas, entre elas ex-vice prefeita, vereadores e ex-secretários municipais deixaram Murad comendo praticamente sozinho. Esse tá fraco demais.

No devido lugar

Por falar em Ricardo Murad, o ex-secretário vive um verdadeiro inferno astral na política. Depois de usar do seu expediente mais conhecido, a mentira, ele foi colocado em seu devido lugar pelo ex-prefeito de Chapadinha, Isaias Fortes. Em vídeo que rodou os quatro cantos do Maranhão, uma das mais altas lideranças políticas do Baixo Parnaíba disse que Murad devia ter era vergonha na cara por tentar assumir a paternidade do Hospital Regional da cidade.

“Vi as mensagens dele falando daqui de Chapadinha e ele deveria era ter vergonha. Ele não se lembra que tirou das contas das prefeituras R$ 600 milhões. Inclusive da minha Chapadinha, R$ 1milhão e 200 mil da Fundação, que eu ia fazer 12 postos [de saúde] com esse dinheiro. Ele tirou o dinheiro e botou nas contas do Governo para depois dizer que o hospital quem fez foi ele”, detonou Isaías, que completou: a tua governadora [Roseana] vai perder a eleição por causa de ti”. Disse tudo!

E o PRTB?

O PRTB, partido alugado por Márcio Coutinho – uma espécie de pupilo de Edison Lobão – no Maranhão, é alvo de pressões sarneyzistas. A pré-candidata da oligarquia Roseana disse que iria conversar com o presidente da legenda para tentar demovê-lo da ideia de apoiar o projeto da bolsominion Maura Jorge. No entendimento do clã, a vinda do partido para dentro do grupo mataria dois coelhos com uma cajadada só: enfraqueceria a ex-prefeita de Lago da Pedra, que hoje é ameaça para Roseana, e ainda traria uma série de bons candidatos denominados de bucha de canhão, aqueles que tem votos, mas só serão eleitos se em uma coligação fraca como a com o PSL, bem diferente do que enfrentar vários políticos de mandato em uma coligação com MDB, PV, PSD e PMB.

Prazo

Se quer mesmo contar com o PRTB e transformar até Márcio Coutinho em bucha de canhão, Roseana e o clã Sarney têm que correr. As convenções de ambas as candidatas ao Palácio dos Leões ocorrem no próximo final de semana. Se não fecharem com a filha de José Sarney, os mancomunados de Levy Fidélix atrapalharão a reeleição de Edison Lobão, já que os sarneyzistas fazem pressão e chantagem caso o partido não vá para o “chapão” – que mais parece uma chapinha – de Roseana, e condicionam o apoio ao senador apenas se o PRTB for com a oligarquia.

Anajatuba e Lago da Pedra

É quase certo que o PMN de Eduardo Braide, o Dudu de Anajatuba, vai mesmo compor com a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge. Depois de cair na real e perceber que a sua envergadura política ainda não é o suficiente para atravessar a fronteira que separa os 120km de São Luís para Anajatuba, o parlamentar vai tentar um mandato na Câmara Federal. Com uma eleição complicada, é capaz até que ele tente a reeleição à Assembleia Legislativa. Seu objetivo principal neste momento é não ficar sem mandato.

Arregou

O presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Beto das Vilas, anda agoniado com a péssima repercussão da manobra que fez para colocar os vereadores da cidade para tirar uma foto com Roseana Sarney. O edil enganou vários deles, que repudiaram a tentativa rasteira dos sarneyzistas e reiteraram fidelidade a Flávio Dino. Diante da verdade, Beto já começa a admitir que nem todos os 14 vereadores que participaram da reunião na casa mal assombrada dos Sarney vai mesmo votar em Roseana nas eleições de outubro. Arregou!

Enigma

Quem é o assíduo usuário de redes sociais que foi alvo de um verdadeiro escândalo divulgado por vários blogs, jogou a culpa no colega de maracutaia, mas não soube explicar o envolvimento do seu nome mesmo com dezenas de tuitadas?