Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

PRE/MA recomenda que igrejas não promovam propaganda eleitoral

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Maranhão enviou recomendação aos capelães religiosos do estado do Maranhão, aos diretórios estaduais de partidos políticos e aos principais dirigentes de entidades religiosas, orientado qualquer pessoa que represente liderança de uma religião, a não promover ou participar de atividades que possam ser entendidas como propaganda eleitoral ou emprego de recursos dos templos religiosos em prol de determinadas candidaturas, especialmente nos locais de cultos.

Segundo a PRE, a recomendação, que se destina à orientação de padres, sacerdotes, clérigos, pastores, ministros religiosos, presbíteros, epíscopos, abades, vigários, reverendos, bispos, pontífices ou qualquer representante religioso, leva em consideração o entendimento, firmado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que a propaganda eleitoral em prol de candidatos feita por entidade religiosa, ainda que de modo velado, pode caracterizar abuso de poder econômico e, por isso, deve ser uma prática vedada.

Para o procurador regional eleitoral Pedro Henrique Castelo Branco, a utilização dos recursos dos templos pode causar desequilíbrio na igualdade de chances entre os candidatos, o que poderia atingir gravemente a normalidade e a legitimidade das eleições e até mesmo levar à cassação do registro ou do diploma dos candidatos beneficiados, se eleitos.

A íntegra da Recomendação PRE-MA nº 06-2018 pode ser acessada aqui.

7 Comnetários

  1. Particularmente, como evangélico não apoio lideranças que transformam o altar da igreja em atividade partidária com o objetivo único de alcançar favores de políticos que estão atolados até o pescoço com a injustiça que há anos escraviza este povo.
    Isaías 10
    1. Ai daqueles que promulgam leis iníquas, e todos que elaboram decretos opressores, a fim de privar os pobres dos seus direitos e evitar que os oprimidos do meu povo tenham pleno acesso à justiça, transformando as viúvas em presas de suas ambições e despojando os órfãos!…

  2. A Roseana nem deveria ser recebida nas igrejas. Não se pode misturar o povo de Deus com seguidores do bita do barão (demoníaco babalorixá).

    1. Concordo que Roseana não representa talvez a “vontade de Deus”, mas saiba que seu comentário é passível de denúncia, podendo inclusive levá-lo a responder perante a Lei 9.459, de 1997. Ao blog e administrador da página, aconselho a rever o tipo de comentário aqui expostos.
      Intolerância religiosa é CRIME!

    1. A propósito, a Bíblia diz que não se pode servir a dois Senhores! Roseana “demônio” Sarney sabe disso?
      Kkkkk

  3. E cade a foto do Flávio Dino na igreja de Lago da Pedra??? Que foi no helicóptero da GTA… kkkkkkkkk isso o Marrapá não mostra.

Comments are closed.