Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Rapidinhas da sexta-feira

Temos caldo

Depois de aparecer em uma feira saboreando um apetitoso mocotó com banana, o senador Roberto Rocha parece que gostou da graça. Nesta sexta-feira ele divulgou foto de reunião em Ribamar Fiquene em frente a um comércio que vende caldos. A imagem, com meia dúzia de gatos pingados e tristes, chamou atenção pela placa gastronômica. Agora falta aparecer novamente ele e seu parceiro de feira Waldir Maranhão apreciando um caldinho tipicamente fiquenense.

É guerra

O entrevero entre o PRTB e o clã Sarney se tornou guerra pública nesta sexta-feira. Depois que o blog divulgou a cizânia nas rapidinhas de ontem, o arrendatário perretebista, Márcio Coutinho, e o mensageiro do MDB, Arnaldo Melo, usaram o mesmo porta-voz para trocar recados. A guerra está aberta e muita água ainda vai passar debaixo dessa ponte antes da decisão final.

Manobra

Repercutiu no meio político a manobra do presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Beto das Vilas (PV), para levar “aliados” para tirar foto com Roseana. Mais fraca do que caldo de peteca, a ex-governadora fez questão de mandar seus postilhões espalharem aos quatro cantos do Maranhão que tinha recebido a maioria dos vereadores da cidade. Pura balela. Beto das Vilas enganou todo mundo e ainda fez os desolados parlamentares tirarem fotos com a ‘Branca’. Só “emendando” mesmo.

Plágio

A deputada federal e pré-candidata ao Senado, Eliziane Gama, está apanhando mais do que Judas em Sábado de Aleluia. Tudo porque ela plagiou uma arte do deputado estadual Bira do Pindaré, um convite para a “Convenção Todos Pelo Maranhão”, que ocorrerá no sábado e oficializará as candidaturas da chapa de Flávio Dino. O povo maranhense até lembrou do apelido de “golpista”, que deve persegui-la durante a campanha. A equipe de comunicação da parlamentar precisa prestar mais atenção.

Comunicação

Falando em comunicação, esse tem sido o calcanhar de aquiles de Eliziane. Apesar de ser jornalista, ela tem cometido erros bobos na transição de deputada federal para pré-candidata ao Senado. Nesse intervalo, avançam mais os políticos que sabem trabalhar as redes sociais e os espaços para comunicação direta com o eleitor para a apresentação de propostas.

Comunicação II

Na época em que buscava se viabilizar candidata a senadora de Flávio Dino, Eliziane conseguia construir muito bem uma narrativa com a imprensa. Depois que foi escolhida, ela tem falhado nesse contato com o eleitor e não consegue transmitir suas ações como deputada federal. A acusação de plágio é somente uma demonstração da falha comunicação da parlamentar. E olha que não foi a primeira vez.

Lobinha

A budybuilder e digital influencer Tatiana Lobão, neta do senador Edison Lobão, causou furor nas redes sociais hoje ao responder pergunta dos seus seguidores. Questionada se tinha interesse em seguir carreira política, ela foi taxativa. “Já sim.. Minha família tem uma tradição política!! Vivo isso desde sempre.. Mas acho que ainda não chegou o momento certo”, disse a loira que está na casa dos 30 anos.

Quando perguntada se ela era Roseana ou Flávio Dino, respondeu: “Sério que estão me fazendo essa pergunta? Kkk Preciso nem responder né?”, disse colocando dois coraçõezinhos azuis. O pai de Tatiana, Edinho Lobão, pegou uma surra nas urnas para Flávio Dino em 2014.

Dinheiro no bolso

Com a antecipação do pagamento, nesta sexta-feira (20), da primeira parcela do 13º salário, a Prefeitura de São Luís injeta cerca de R$ 43 milhões na economia e garante um reforço no orçamento dos servidores municipais. A decisão do prefeito Edivaldo em priorizar o pagamento da primeira parcela do 13º, mesmo diante de um cenário econômico nacional desfavorável, com queda significativa no repasse de recursos federais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), está sendo possível porque a Prefeitura de São Luís vem desenvolvendo um trabalho com planejamento, organização e responsabilidade na condução dos recursos públicos.

Enigma

De quem é a pré-candidatura a um cargo majoritário no Maranhão que pode ser assombrada por um fantasma do passado?

Comantário

  1. Sobre o último, “ enigma”. Quem ousar mexer nesse tal do fantasma, ou seja, tentar tirar esse tal candidato da disputa, estará mexendo em vespeiro puro, estará entregando a eleição de bandeja para seu opositor…porque o jogo vira rápido ao desfavor de quem mexer no tal do fantasma, não queiram ver um candidato nesse perfil totalmente envolvido para virar um jogo !

Comments are closed.