Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Imperatriz e outras cidades do interior sofrem com a falta de combustível

A paralisação dos caminhoneiros continua causando reflexos no Maranhão. Neste nono dia de protestos, cidades do interior do estado como Imperatriz continuam sofrendo com o desabastecimento de combustíveis.

De acordo com a Infraero, não há abastecimento de combustível no Aeroporto Renato Moreira, em Imperatriz. A segunda maior cidade do Maranhão também sofre com a falta de gasolina, etanol e diesel nos postos.

No sábado (26), apenas um posto de Imperatriz tinha combustível para atender a população. A venda foi limitada em apenas R$ 50 por pessoa. No último domingo (27) vários caminhões transportando combustíveis, chegaram à cidade, escoltados pela polícia para abastecer os postos da Região Tocantina.

Até o momento, a normalidade ainda não foi restabelecida. Outras cidades do interior do Maranhão também sofrem com a falta de combustível como Codó, Grajaú, Santa Quitéria, Pinheiro e Balsas.