Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Assembleia aprova emenda que proíbe nome de pessoas vivas em órgãos e logradouros públicos

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou em primeiro turno, na manhã desta terça-feira (29), uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que veda nome de pessoas vivas em órgãos e logradouros públicos.

30 deputados estaduais votaram a favor da PEC Nº 005/ 2018, de autoria do Poder Executivo, 2 votaram contra e não tivemos abstenções.

A PEC corrige a aberração jurídica histórica que o Maranhão vive. Em uma flagrante ilegalidade aqui no Estado, prédios públicos, ruas, avenidas, pontes, praças e escolas receberam nomes de políticos que ainda estão vivos.

São tantos casos que não cabem em um só texto. Os mais marcantes são a ponte José Sarney, a Maternidade Marly Sarney, Colégio Roseana Sarney. O nome Sarney está em 161 escolas, no interior e na capital.

A PEC agora deve ser votada em segundo turno.

5 Comnetários

  1. ATÉ que enfim corrigiu essa ABERRAÇÃO do Maranhão—- esse nome pestilento, sarnento, SARNEY—-cruz credo — atrai tudo de ruim —cruz credo—xô satanás—– FICAREMOS LIVRES DESSE NOME — e de outros , murads, lobões, —– VAMOS HIGIENIZAR O MARANHÃO DE TODA PRAGA, DE TODO VÍRUS SARNENTO, PESTILENTO….. MARANHÃO LIVRE, MARANHÃO LIBERTO desse passado tenebroso —sarney- cruz credo—xô satanás.

  2. Verdade! Fiquei satisfeitíssimo, em saber que o estado do Maranhão vai ser desinfetado e imunizado agora vai crescer e mostrar ao mundo inteiro que nosso estado é rico e pode se destacar com pessoas educadas, instruídas. Ainda torço para seus eleitores antes de votar, já que é obrigatório, pensem muitas e muitas vezes e procurem saber quem é candidato em prol da oligarquia. Hoje eu me arrependo em ter votado no “traíra” ROBERTO ROCHA, pau mandado da “família”

Comments are closed.