Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Natanael Junior sob ataque

O presidente do Moto Club, Natanael Jr, continua alvo de constantes ataques por parte do conselho deliberativo do clube. Depois que nada foi encontrado que abalasse a conduta do presidente perante a administração do clube, o conselho partir para “práticas mais agressivas.

A última estratégia é tentar manchar a imagem do presidente por conta de um processo que tramita na justiça um evento produzido por Natanael Jr em 2011, o Festival Internacional de Rock Metal Open Air – MOA.

O processo em questão está em fase final, restando apenas a sentença do juízo. Até o Ministério Público, autor da ação, já voltou atrás na denúncia mais grave, que envolve o artigo 171 do Código Penal, mantendo apenas o segundo réu e co-realizador do evento, Luiz Felipe Negri de Mello.

Natanael passou a figurar como mais uma vítima de Felipe Negri. O Ministério Público, nas suas alegações finais admite que “É possível chegar a essa conclusão, a partir do volume de recursos pagos por Natanael a Felipe Negri, que chegaram ao montante de R$ 1.697.695,00 (um milhão, seiscentos e noventa e sete mil, seiscentos e noventa e cinco reais)”.

O Ministério Público quer a absolvição de Natanael. No que diz respeito à Responsabilidade Civil, um seguro contratado pela produtora que organizou o evento garante a cobertura de todo e qualquer prejuízo que impossibilitasse total ou parcialmente a realização do MOA.

“De outro turno, restou comprovado que o Réu Natanael envidou todos os esforços para que o evento acontecesse, não tendo o mesmo ocorrido por circunstância alheias à sua vontade”, diz o MP. Ideia essa corroborada pela titular da Delegacia de Proteção ao Consumidor quando diz que “por parte do indiciado Natanael Junior houve a preocupação da realização do evento”, o que demonstra a total ausência de dolo na conduta deste acusado.

Tanto o crime de Estelionato quanto o de Indução do Consumidor ao Erro só existe como modalidade dolosa, e diante da comprovada ausência deste elemento subjetivo na conduta de Natanael Junior, o fato descrito na denúncia não configura comportamento criminoso do jornalista.

Veja o parecer do MP favorável a Natanael:

 

2 Comnetários

  1. Esse festival seria um evento invejável.

    Sabemos o quão, o Natanael Júnior é dedicado nàquilo que sempre tenta promover.

    Integridade é pouco para reconhecer o seu talento.

    O melhor de tudo é o reconhecimento da justiça perante os seus atos e sabe-se que a verdade está estampada nos fatos reconhecidos.

    O bom agora, seria um grande festival, e assim, não se redimir, mas sim, mostrar que está napto para os seus exercícios.

Comments are closed.