Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Sergio Frota envolvido em esquema de escolhas de árbitros

Uma reportagem do Correio da Paraíba estremeceu o futebol nordestino neste domingo (13). O jornal apresenta relatórios da Operação Cartola, que investiga manipulação de resultados, escolha de árbitros por parte de dirigentes, armações pagas e até ameaças de morte.

O inquérito da Operação Cartola revela que o futebol brasileiro está afundado na corrupção. Dirigentes de clubes escalavam árbitros e manipulavam resultados de jogos.

Em uma das conversas vazadas, aparece o deputado estadual e presidente do Sampaio Corrêa Sérgio Frota. O presidente do Botafogo da Paraiba, Zezinho do Botafogo, liga para o presidente do tricolor com o intuito de articular sobre a arbitragem do jogo entre Botafogo e Altos do Piaui, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

Zezinho pede ao deputado o nome do juiz que apitaria a partida. Frota pede que a conversa continue de noite e diz que vai resolver o problema. Curiosamente, o jogo em questão foi vencido pelo Belo por 1 a 0 e o árbitro foi o maranhense, apontado por Frota, Ranilton Oliveira.

O deputado maranhense não foi encontrado pelo jornal para esclarecer o fato.

2 Comnetários

    1. Sério? Desde qdo isso? Há anoa q ganha por conta de armação na FMD e arbitragem. Esqueceu o campeonato de 2017? Mudaram até regulamento, influência de Américo até no STJD pra ajudar o Sampaio ser campēao, sem falar a entrega nítida do jogo que perdeu para p Botafogo da Paraíba (sócio) na Série C e muitas outras coisas.

Comments are closed.