Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

A ojeriza do grupo Sarney aos evangélicos e o papel dos capelães para o Sistema de Segurança

A mídia ligada à oligarquia Sarney e seus asseclas na Assembleia Legislativa voltaram a carga para atacar as igrejas e os evangélicos. Classificando o segmento religioso de “curral eleitoral”, a oligarquia segue em sua cruzada para desqualificar os capelães, os responsáveis por levar o alimento espiritual para as tropas da Polícia Militar e Bombeiros.

A verdade dos fatos é que desde quando Edison Lobão era governador, no início dos anos 1990, os capelães são nomeados. Nunca houve concurso para eles. São cargos de confiança do governante.

Os governadores Lobão, Roseana, José Reinaldo, Jackson Lago e Flávio Dino todos nomearam capelães. Como são cargos de confiança, podem ser exonerados em qualquer data. Inclusive alguns foram pela ex-governadora Roseana, no seu último governo. Ela nomeou outros. Um coronel Capelão nomeado hoje, pode ser exonerado na próxima semana, pelo simples fato de se tratar de um cargo de confiança.

A Capelania não segue as regras tradicionais, ou seja: concurso, tempo de serviço, merecimento. São cargos criados pelo Executivo, aprovados pela Assembleia Legislativa e nomeados depois pelo governador.

A Capelania Militar, criada a 27 anos atrás, foi ampliada no governo Flávio Dino por dois motivos básicos: aumento significativo do efetivo; e aumento do estresse do militar e seus familiares devido o aumento da violência, que está sendo combativa e diminuída de forma veemente na atual administração.

Flávio Dino dá exemplo ao fortalecer as Capelanias e incorporar padres e pastores para levar o alimento espiritual ao Sistema de Segurança. É uma ajuda significativa no apoio aos militares, detentos e seus familiares. Exemplos positivos não faltam.

A sanha da oligarquia Sarney contra as igrejas só demonstra a ojeriza que eles têm aos evangélicos e à religião.

12 Comnetários

  1. Alimento espiritual é? kkkk… Me compre um bode, Marrapa. O que impede os policiais e bombeiros de irem procurar tais alimentos onde eles estão em abundância e são ‘de graça’? Ou seja, nas centenas de igreja espalhadas por aí? Agora porque os outros governadores fizeram alguma coisa, esta coisa se torna imediatamente legítima e moral? Mas não era o governo da mudança?

  2. Ei, mas alimento espiritual quem leva é só católicos e evangélicos? Essas corporações são tão homogêneas assim?
    Minhas questões não tem nada a ver com as artimanhas do velhaco e seus asseclas. #ForaSarney

  3. Concordo…a religião é necessária para trazer um relativo equilíbrio para esses profissionais que lidam diariamente com a violência. Deus abençoe a todos

  4. Quer dizer pq nunca houve concurso justifica essa prática do governo Dino? A pior coisa do Governo do estado é se comparar sempre com aquilo que ele sempre chama de atraso. Sempre q ele erra, ele se justifica dessa forma. Nunca é capaz de assumir um unico erro.

  5. esse grupo -oligarquia sarna —gosta de BRUXOS E BRUXARIAS a peso de ouro —muitos quilos de ouro para manter 50 anos de IMPÉRIO SARNA DO MARANHÃO —todos nós sabemos disso —gostam das TREVAS- prestam contas ao DEMO —e o DEMO os protegem—-vejam IMPUNES E IMUNES —nem aquela doença que tanto tememos —nem -essa- consegue derrubá-los —-O DEMO ODEIA EVANGÉLICOS/CRISTÃOS pois com DEUS O DEMO CAI POR TERRA, DEUS QUEBRA SUAS FORÇAS —–por isso o PAVOR QUE AS TREVAS TEM DE CRISTÃOS/ EVANGÉLICOS …….PODER DE DEUS É MAIOR —-DEUS VENCE O DEMO====DEUS VENCE AS TREVAS—– SEMPRE .—–com a ajuda de NOSSOS VOTOS em FLÁVIO DINO —o libertador do Maranhão das garras do MAL, das TREVAS—–COM DEUS E NOSSOS VOTOS —VITÓRIA DE DEUS.

  6. Quem conhece a Capelania e seus membros sabe a importância que ela tem para o Sistema de Segurança do Estado.
    Talvez você nunca precisou do auxílio desses guerreiros que atuam como psicólogos, assistente social, conselheiros e motivadores, principalmente nos momentos cruciais em que policiais muitas vezes são submetidos.
    O Governador tem a faculdade de nomear para cargos de confiança quem ele entende que preenche tais esquisitos. São os chamados cargos “ad nutum” (livre nomeação e exoneração), ou seja, o chefe do executivo é quem escolhe.
    Particularmente, não tenho parente Capelão e nem Policial/Agente Penitenciário, mas já vi muita gente sendo agraciada pela atuação dos capelães.
    Infelizmente, o povo é levado por uma mídia doentia, malévola, cruel, insana e capaz de retirar até a paz das pessoas, através do PODER IDEOLÓGICO que a mesma detém.
    Espero que os Capelães continuem fazendo o trabalho que vem sendo desempenhado.
    Apresentaram uma pesquisa que o MARANHÃO detém o maior número de capelães do País, talvez seja esse um dos motivos que levou o nosso Eatado a reduzir as taxas de criminalidade.
    # apoioacapelania.

    1. Legalidade é diferente de moralidade. 50 capelães é moralmente condenável. Fica muito clara a tentativa de formar um curral eleitoral religioso. Se os pastores, padres, pais de santo, ou sei lá o que são importantes para os policiais, que eles os procurem em uma igreja, templo, terreiro ou coisa que o valha. Você fala que esse profissionais atuam como psicólogos, assistentes sociais e sei mais o que. Bom, nesse caso porque o governo não contrata estes profissionais? E melhor ainda, mediante concurso público?

  7. Cara para que tá feio já isso a farra tá grande com.o dinheiro público e p governo que prometia mudança tá igual ao passado a safadeza a corrupção a farra com cargos publica tá do mesmo jeito de quem.ele tanto falava e fala

Comments are closed.