Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

“Sindicalistas vagabundos sustentados pelo PT”, afirma professor do Curso Wellington acusado de agredir mulheres

O professor do Curso Wellington e amigo de longas datas do deputado Wellington do Curso, Hilton Franco, continua aprontando das suas. Duramente criticado por atacar e agredir verbalmente as mulheres, agora o “blogueiro” atacou sindicalistas.

A contradição dessa história fica por conta de o “professor” ser ativo e sempre promover manifestações nas Secretarias de Educação do Estado e do município.

O amigo do deputado Wellington do Curso utilizou as redes sociais para agredir sindicalistas usando termos como vagabundos e bandidos.

Atitudes como essa mostram que não há senso de sindicalismo, no dito “professor”, mas oportunismo puro, para atender os interesses eleitoreiros do Curso do Patrão.

Ora, ora logo Hilton Franco que era useiro e vezeiro de promover manifestações em portas de prédios públicos. Do alto de seu destempero e desequilíbrio emocional o amigão de Wellington não se contenta em ser misógino e machista, ele também é um poço de hipocrisia e contradições.

Veja as novas postagens do dito professor:

9 Comnetários

  1. O cara tem nome, é adulto, capaz, emancipado, mas há uma necessidade incontrolável do blogueiro de misturá-lo ao nome de Wellington. Eu não sei se isso é medo político ou se já é pessoal.

  2. Fora os xingamentos e ofensas, ele está certo. O que é ser sindicalista atualmente? Defender a classe trabalhadora que sustenta os sindicatos Brasil a fora eles não fazem. Na minha opinião os sindicatos deveriam ser extintos e deveríamos criar outra forma de representacao da classe trabalhadora.

  3. A livre organização está na Constituição Cidadã de 2008. Você pode mobilizar outras formas de representação. Sendo constitucional a livre organização você não pode extinguir nenhuma forma de associação, salvo quando são voltadas para o crime. Queria entender essa ansiedade por “extinção”. Mas tudo bem, isso trabalho pra galera que cuida de análise psicossocial.

  4. As instituições foram criadas com determinado objetivo legal e acredito que não podem ser extintas, no entanto a sociedade precisa discutir o papel e importância dos sindicatos. Já faz um tempão que os sindicatos perderam sua importância e relevância social. Estas instituições corromperam-se com o sistema político e chegam a confundir-se com um partido político. No mais os sindicatos existem mais não funcionam. Precisamos reinventar a forma de sindicalização no Brasil, ou pelo contrário a única alternativa será a extinção. O que não dá mais é sustentarmos sindicato para defender político, partido político ou os interesses de quem os dirige.

  5. Dar aula esse cidadão não quer. Busque na secretaria de educação o histórico profissional / cumprimento da carga horária / do referido professor boca suja. Um descalabro que o Felipe Camarão já deveria ter tomado providências, mas faz de conta que nem é com ele. Sinto-me constrangido em dividir salas de aula ou de ter que cruzar, ainda que no mesmo bairro, com esse cidadão chamado Hilton Franco.

  6. Gosto de Lula pois com ele a pobreza diminuiu, mas o que me incomoda é que somente sindicatos lhe defende nessas manifestações de solidariedade, e sindicalista não gosta de trabalhar.

  7. a única coisa boa que o VAMPIRO TEMER fez FOI A EXTINÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL —–acabou com a mamata dos **sindicalistas** parasitas, sangue-sugas dos trabalhadores …… SÓ SALVOU ISSO DESSE GOVERNO VAMPIRO TEMER—– adeus vagabundos —-AGORA OS TROUXAS QUE QUISER PAGAR A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL fiquem a vontade.

Comments are closed.