Publicidade  Prefeitura de São Luis

Destaque

Fiasca planos da turma de Braide de Anajatuba

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) foi um dos que saíram mais fragilizados após o período conhecido como “janela partidária”.

Sem conseguir se filiar em uma das grandes siglas partidárias, o rebento de Anajatuba vê cada vez mais distante seu plano de ser governador do Maranhão.

Braide se articulou junto ao deputado federal Zé Reinaldo (agora no PSDB) para viabilizar sua pré-candidatura, mas, o “Zé Navalha” foi para o ninho tucano do senador autointitulado Asa de Avião, Roberto Rocha, deixando o rebento ao relento.

O rebento de Anajatuba também não conseguiu trazer grandes quadros para o seu nanico PMN e se não conseguir partidos para uma coligação pode ficar quase sem tempo de rádio e TV e sem participação nos debates eleitorais.

Outro problema é que, sem nomes com viabilidade real de eleição na proporcional, é muito difícil o PMN atrair partidos interessados nessa coligação.

O fato de Braide ter ficado no PMN e ter articulado muito mal no período de janela partidária é uma demonstração clara que o deputado ficou menor do que esperava nos últimos dias.

5 Comnetários

  1. Quando o cara é bom de voto não interessa cigla partidária, olha o exemplo de Colo de Melo, se elegeu presidente da república num partido desconhecido, Braide já mostrou que é bom de voto na eleição para prefeito. Ele vai surpreender nessa campanha pra governo, quem sabe teremos um segundo turno entre Braide e Flávio Dinossauro. Pra mim não será surpresa. Nossa bandeira não é vermelha!

  2. NA VERDADE ESSE MENINO SERÁ CANDIDATO É A DEPUTADO FEDERAL E NA PIOR DAS HIPÓTESES, TENTAR A REELEIÇÃO NA ASSEMBLEIA. ESCREVAM…

Comments are closed.