Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Aumento concedido para os professores demonstra que Maranhão não está quebrado

A oposição sarneyzista tem insistido na tese de que o Maranhão está quebrado, devido a um suposto déficit no resultado primário de 2017. Só que a obstinação em espalhar um caos inexistente nas finanças do estado não passa de torcida daqueles que compactuam com a política do “quanto pior, melhor”.

E os resultados do governo do Estado que afastam essas hipóteses são diários. Ontem à noite, o governador Flávio Dino anunciou aumento com ganho real para os professores de 6,8%. O Maranhão se torna o primeiro estado do Brasil a conceder o reajuste em 2018. Além disso, continua com os docentes que tem o maior salário do país.

Também nesta terça-feira, o governo pagou o salário de fevereiro dos servidores. Atualmente, o Maranhão é um dos poucos estados do Brasil que cumpre sua folha de pagamento religiosamente no mês decorrido.

Portanto, o pandemônio que as aves de mau agouro tentam criar no Maranhão não passa de torcida para que o estado realmente estivesse na mesma situação do que o Rio de Janeiro, por exemplo.

Contra resultados, não há argumentos!

7 Comnetários

  1. Jogada de marketing. É o mesmo que esconder a sujeira debaixo do tapete ou até mesmo “empurrar com a barriga”, literalmente!!! kkkk

  2. Pagar o reajuste ao servidor público não é mais nada que a sua obrigação, o custo de vida sobe e o salário dos mesmos fica defasado se não existir esse aumento afetando a economia e ferrando com tudo mais ainda

  3. Será que alguém quer ler em jornais que no Maranhão tem estradas fantasmas? Que se gasta muito dinheiro em um banco e vende baratinho, que a Saúde teve desvio de 1,2 Bilhoes, que a fazenda teve desvio de 350 milhões, que as empresas que vinham pro Maranhão não vem mais, que no Palácio as festas eram regadas a lagostas e champagnes caríssimos? Alguém tem saudade desse Maranhão?

Comments are closed.