Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Ricardo Murad ataca Grupo Mateus

Em postagem nas redes sociais na manhã deste sábado (27), o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, apontado pelo Ministério Público como chefe de uma organização criminosa que desviou R$ 1,2 bilhão dos cofres públicos do Maranhão, atacou duramente o empresário Ilson Mateus, dono do Grupo Mateus.

Em sua página no Facebook, Ricardo fez um alerta aos demais empresários dos setores atacadistas, varejistas e supermercadistas do Maranhão em razão da expansão do Mateus, atualmente, a maior a rede do Norte e Nordeste.  “O Grupo Mateus pode investir e propor benefícios para si que achar conveniente. É legítimo. Só que o governo não pode permitir que se torne hegemônico, único. A ampla concorrência nesse setor e em todos os outros é fundamental […] Todo monopólio é perverso e não pode ser admitido. A economia maranhense tem que florescer e crescer para todos, com as mesmas oportunidades, e a política fiscal deve ter esse objetivo”.

Pré-candidato ao governo do Maranhão, Murad resolveu partidarizar até mesmo os empresários, ao propor uma união das demais lojas contra o empresário Ilson Mateus.

O ataque gratuito de Murad ocorre devido a inauguração, manhã de ontem (26), da primeira etapa da Central de Fatiamento e Porcionamento da rede que vai centralizar em um só lugar tudo que hoje é processado nas lojas. O investimento, da ordem de R$ 200 milhões, está localizado no Km 12 da BR-135. Mais de 2 mil novos empregos diretos serão gerados.

“O nosso futuro passa por uma logística e os ganhos são imensuráveis, pois teremos padrão, qualidade e empregos para os maranhenses”, explicou Ilson.

Esse crescimento ocorre também em razão dos incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Maranhão, algo destacado pelo empresário durante a inauguração, o que explica o ataque de Ricardo Murad contra seu novo alvo: o Grupo Mateus.

 

 

13 Comnetários

  1. Como é que uma pessoa que não gera nenhum emprego ataca um dos maiores geradores de emprego do Maranhão só. Aqui em pedreiras 500 empregos.

  2. Monopólio é perverso e oligarquia também, desviar Bilhões da Saúde é perversidade e safadeza. Cadê a PF? Lugar de bandido é na cadeia sem direito a celular pra não escrever besteira nas redes sociais.

  3. De tôdo, não é de se desprezar o comentário de Murá. Os incentivos que o Governador deu foi para poucos, porque é só para quem tem muitos empregados, como o Mateus. Os pequenos? Vão morrer de trabalhar, pagar “Mais Impostos”, e não tem como competir mêsmo.

  4. quando os maranhenses que sofreram nas garras da oligarquia destronada por mais de 50 anos vai ficar livre desses abutres ????? quando esses ladrões e ladronas de dinheiro público do MARANHÃO serão condenados e presos ?????? segundo a PF na gestão passada desvio de UM BILHÃO da área da saúde —–mas ……justiça do estado ……….?????? ….Fazem de tudo para prejudicar o MARANHÃO E SEU POVO— são abutres mesmos —-adoram ADMINISTRAR O COFRE DO MARANHÃO —há 3 anos de abstinência …estão loucos, sem o lastro eterno …..atacam até a própria sombra. MAS VOLTANDO A PERGUNTA INICIAL =====QUANDO NÓS MARANHENSES VAMOS VÊ-LOS NA PRISÃO ??????? lugar de ladrão e ladrona é na prisão , não é ??????? o ladrão paulo maluf -= preso —-henrique alves ( oligarquia do rio grande do norte )= preso ……sergio cabral = preso ——eduardo cunha = preso —-até o luladrão será preso ——RESTA UMA ESPERANÇA ……..

  5. Ricardo Murad é de uma desfaçatez sem tamanho ; foi esse pilantra e seu grupo que , através de gordos inventos, empoderou Mateus.

    1. … além de conceder inúmeros benefícios a outras grandes empresas na época em que sua cunhada estava no poder. A exemplo temos a ALUMAR, que por anos teve isenções fiscais enquanto poluía o estado com a falsa promessa de crescimento… Hoje taí… Prefere vender energia ao mercado, que acaba lucrando mais, a produzir alumínio.

  6. no Maranhão tudo pode. quem é gigante paga 2% de icms o pequeno paga 18% como um dia vou poder ter 500 colaboradores ? me desculpe caros leitores o Maranhão agora é só do Mateus !

  7. Murad comandou Coroatá a vida toda e nunca deixou uma Impresa instalar em Coroatá, porque queria tá omilhando o povo com emprego de prefeitura, quando tem emprego en outras áreas ninguém quer emprego de prefeitura, Murad pegava um salário e dividia para dois funcionários, para ganhar voto, e ainda tem gente apaixonada pelas perseguição dele, tem coroataence que se vende até pela uma másca de fumo.

    1. É verdade Aqui na minha cidade o candidato deles que pegou uma taca medonha daquelas fazia mesma coisa e tem mais em época de campanha eram obrigados a tarem na chuva ou no sol pregando fotos e pedindo votos senão o contrato era incerrado.

  8. Ricardo Murad e essa filha dele deputada já estão caducando, não merecem considerações do que dizem; precisam de tratamento ambulatorial isso sim.

  9. Pedro pelo visto vc e único quer anda com as duas patas no chão o quer as pessoas não entende. , e como um médio atacadista vai concorrer com alguém quer so paga 2% de impostos ..sergio cobral fez isso no rio e afundou o estado

Comments are closed.