Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Pedro Lucas deixará o governo, mas para disputar as eleições

O presidente a Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes (PTB), deve deixar o quadro de auxiliares do governador Flávio Dino (PCdoB) em fevereiro próximo. Sua saída, no entanto, não tem qualquer relação com rompimento político, mas sim porque ele é pré-candidato a deputado federal.

Pedro Lucas confirmou ao O Imparcial sua intenção de concorrer a uma vaga no Congresso Nacional e, como determina a Lei, é obrigado a se desincompatibilizar de qualquer cargo público. Ele é um dos secretários de governo mais elogiados pela atual gestão.

Porta-vozes do sarneyzismo insistem na suposta descida do PTB, partido de Pedro Lucas, do palanque dinista por causa da indicação do deputado federal Pedro Fernandes para o Ministério do Trabalho do governo Temer, mesmo com as garantias posteriores de apoio irrestrito dos clãs Fernandes e Ribeiro ao comunista.

As conspirações da oligarquia são motivadas pelo desespero em razão da ampla coligação formada em torno do projeto de reeleição de Flávio Dino, que pode chegar a ter mais de 15 partidos.

2 Comnetários

  1. E eu sou o primeiro eleitor que vou com todo gosto em outubro de 2018 participar com muita satisfação do velório desse grupo maldito chamado OLIGARQUIA SARNEY.

Comments are closed.