Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Chiquinho Escórcio está a uma licença de voltar para Câmara Federal

A ida do deputado federal Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho abriu vaga na Câmara Federal para o segundo suplente, Davi Alves Silva Júnior (PR). Agora, o próximo da fila é o eterno suplente Chiquinho Escórcio (PMDB).

Escórcio é um fiel escudeiro do grupo Sarney, espécie de capanga da oligarquia. Foi ele o responsável por arquitetar todo o golpe que culminou com a cassação do ex-governador Jackson Lago. Na semana passada, mostrou que não está morto politicamente e anunciou o senador João Alberto (MDB) como vice na chapa de Roseana.

Na imprensa nacional já é especulado que o ex-presidente José Sarney (PMDB) estaria negociando com o presidente Michel Temer (PMDB) a entrada de Chiquinho no Congresso Nacional como garantia de mais um voto na Reforma da Previdência, prevista para entrar em pauta em fevereiro, logo após o fim do recesso paramentar. A bancada maranhense do PMDB hoje é formada por Hildo Rocha, João Marcelo e Alberto Filho.

Como Sarney costuma possuir bons argumentos de persuasão, mais cedo ou mais tarde, é possível que  Escórcio volte a tumultuar a política brasileira.

2 Comnetários

  1. Esse negócio de passar muito tempo limpando o rabo dos outros cansa, porisso estão procurando um jeito de tirar O piniqueiro Chiquinho Escorcio de limpador de ladrina para, substituir o coxinha Pedro Fernandes. Tudo vai se encaixar tudo que não presta jogam na Câmara é lá o lugar de esgoto.

Comments are closed.