Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

A demagogia de Eduardo Braide

O deputado Eduardo Braide aproveitou a votação do orçamento 2018 – enviado pelo Poder Executivo para a Assembleia Legislativa e aprovado na sessão de hoje – para fazer política e demagogia.

Com direito a indicar R$ 4 milhões das suas emendas individuais para projetos que ache relevante, o parlamentar simplesmente quis tumultuar a votação das propostas do governo, que, inclusive, preveem aumento de 9,5%, ou seja, R$ 1,7 bilhão a mais em investimentos no Maranhão.

Para se dar bem e gerar lucros políticos e demagógicos utilizando o plenário da Casa, Eduardo Braide resolveu então mexer no orçamento do Executivo, com emendas que tirariam dinheiro de uma área para colocar em outra. O pior foi ainda provocar deputados governistas, mexendo em bases em que ele jamais esteve para criar embaraços aos colegas.

A conduta de Eduardo Braide não pegou bem e ele foi veementemente criticado por deputados e jornalistas que acompanham a sessão.

Quem conhece a Máfia de Anajatuba e as relações de Eduardo Braide questiona os motivos de ele estar tão interessado em emendas parlamentares. Por isso que tentou tumultuar tanto a votação do orçamento. Em vão.

3 Comnetários

  1. Senhor jornalista:
    Permita-me discordar de sua opinião a respeito da questão,orçamentária. Tenho me manifestado repetidamente a esse respeito nos,meios de comunicação e volto a repetir: é, sim , na hora de votar o orçamento que o deputado- qualquer deputado – encarna na plenitude seu papel de representante popular. Não se trata de “tumultuar” proposta que, oriunda do executivo, deve ser submetida ao crivo e análise dos delegados populares. Lembre-se que a democracia representativa nasceu em torno da discussão da aplicação dos recursos públicos e seu destino. Logo, o executivo apena propõe e os deputados, representantes da soberania popular, decidem. Quanto às tais emendas parlamentares, sou radicalmente contra, impositivas ou não. São uma indecência. Basta olhar para o nível federal.
    Atenciosamente,]
    Carlos SATURNINO

  2. nao se pode mexer no orcamento da comunicacao. afinal o flavio precisa de todo dinheiro para querer vender uma image que nao e sua. A imagem de um grande governador

  3. Eduardo Anajatuba.. Esse tá fazendo um papel de bonzinho mentiroso.. direitinhos. .Pra ele ser tão certinho.. deveriA mesmo era devolver dinheiro da CAEMA e desvi os em anajatuba

Comments are closed.