Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Ludmila vai processar cunhada de Luciano Genésio

A defesa da advogada Ludmila Rosa Ribeiro, vítima de um espancamento praticado pelo seu ex-companheiro, Lúcio Genésio, no mês passado, vai entrar com uma ação contra Cristine Ferreira Sousa, esposa do agressor e que acusou de usar a violência como “autopromoção e vingança pessoal”.

Em postagem no último dia 30, Cristine decidiu usar as redes sociais para defender o marido. Grávida, contou que o casal planejava casar no mês de dezembro e por isso Ludmila teria planejado toda essa confusão.

“Amante do meu marido não aceitava ser a outra e fazia chantagens dia e noite, chegava a usar o próprio filho para manipular meu marido; ela não aceitava me ver inserida e amada pela família dele e ela não; aos poucos ela foi tirando meu marido de mim, aos poucos ela foi destruindo uma família que foi construída com tanto amor, sacrifício e perseverança”, disse em postagem no Facebook.

Agressão de Lúcio Genésio contra Ludmila ocorreu no dia 16 de novembro em São Luís, desde então está foragido

O caso pode respingar na gestão do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, irmão de Lúcio. Isso porque, além das ações de injúria, calunia e difamação, o advogado Thiago Viana, responsável por representar Ludmila, pretende ir na Justiça para denunciar a situação de Cristine, secretária adjunta de Planejamento da prefeitura, num claro caso de nepotismo.

“Ao se colocar como esposa, a gente teve a informação de que ela recebe salário pela prefeitura, portanto, configurando nepotismo de Pinheiro e vamos tomar as medidas cabíveis representado junto as autoridades competentes”.

No mês de outubro, Luciano quase teve o mandato cassado depois de um pedido protocolado na Câmara de Pinheiro, por setores da sociedade civil, indignados com a descoberta de diversos parentes do prefeito lotados no município recebendo “supersalários”. Ele só não perdeu o mandato porque foi salvo pela maioria dos vereadores.

Lúcio Genésio continua encoberto pela família. A justiça já expediu dois mandados de prisão contra ele.

Comantário

  1. Esse caso é muito louco.. Primeiro era namorada. . Agora aparece um Esposa do acusado. . Quem era namorada. . Passa agora ser amante.. Aí entra política no meio.. O cara com dois mandatos prisão. . Ninguém acha o HOMEM TATU….

Comments are closed.