Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Governistas destacam importância de um senador confiável

Se em 2014 a aliança formada pelo PCdoB defendia a necessidade de eleger um senador aliado do governador Flavio Dino (PCdoB), com o então candidato Roberto Rocha (PSDB), hoje o discurso é de que o Maranhão precisava de um senador confiável. A mudança de discurso ocorre principalmente pela decepção com a postura traiçoeira do autointitulado “Asa de Avião”.

Entre tantas lideranças políticas que participaram da convenção de hoje do PDT em São Luís, a maioria fez referência à traição de Roberto.

Presidente do PROS, Gastão Vieira destacou o arrependimento de Dino porque “Asa de Avião” só o venceu nas urnas porque houve dedo do comunista.

O prefeito de Timon, presidente do PSB e possível candidato a vice-governador, Luciano Leitoa,afirmou que a resposta será no voto. “Já esteve aqui nesse palco um senador que nos traiu, mas pagará nas urnas”. O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, duplamente sacaneado pelo tucano que já foi seu vice, seguiu no mesmo tom.

Vice-presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB) prometeu se empenhar ao máximo pela vitória do pedetista, principalmente, pelos desdobramentos da campanha passada, também fazendo referência a Roberto Rocha.

Por fim, o governador Flávio Dino também fez sua crítica. “Nós temos ótimos deputados federais, mas no Senado nós estamos com dificuldade”.