Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Colunista da Folha critica mediocridade de “Asa de Avião” na condução de CPI

O senador Roberto Rocha (PSDB) foi motivo e chacota em Brasília por sua total falta de conhecimento como relator da CPI do BNDES, que ontem (29) ouviu o o famoso empresário Eike Batista.

De acordo com o colunista Bernardo Mello Franco da Folha de São Paulo, especialista na cobertura do Congresso Nacional, Eike deu um “passeio” em Roberto e seus auxiliares que se limitaram “com perguntas dóceis e inofensivas”.

“Asa de Avião” não se preocupou nem mesmo em investigar as relações do empresário, algo que qualquer leitor diário de sites e jornais, ou até mesmo, telespectadores dos telejornais saberia.

“O tucano Roberto Rocha, relator da CPI, mostrou despreparo ao perguntar se o empresário era parente do dono da JBS. Eike é filho de Eliezer Batista, ex-ministro e ex-presidente da Vale. Joesley é filho de Zé Mineiro, que começou como açougueiro no interior de Goiás”, diz a coluna da Folha.

Envergonhado, deixou a sessão antes do final.

3 Comnetários

  1. Esse senador, não existe ele me faz lembrar o outro político atrapalhado, o Chiquinho Escócio. é uma comédia….

Comments are closed.