Publicidade  Prefeitura de São Luis

Márcio Jerry detona perseguições, mentiras e acusações infundadas do clã Sarney

O secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, reagiu duramente aos ataques diários que vem sofrendo do jornal O Estado do Maranhão e dos jagunços digitais da família Sarney. O nome do presidente do PCdoB tem sido pauta diária de todos os veículos de comunicação ligados à oligarquia.

“Mídia de José Sarney coordena uma narrativa absurda tentando todos os dias atingir o governo que está mudando a história do Maranhão. Nesse tiroteio, me elegeram como alvo. Mentiras atrás da outras, repetidas e em diferentes versões. Por que tanto ódio e perseguição da oligarquia?”, questionou Jerry.

Para ele, os ataques “do esquema Sarney a mim se intensificam quanto mais se amplia o leque de forças políticas que se somam ao projeto de reeleição do governador Flávio Dino”. Segundo Jerry, fatos deturpados se juntam a mentiras absurdas “numa tentativa agressiva de me fazer acusado disso ou daquilo”.

Ele denunciou que a mídia do grupo Sarney de forma agressiva e arrogante tenta direcionar o trabalho de instituições como a Polícia Federal, num desrespeito à instituição e extensivamente a todos que a fazem.

“Nada devo, nada temo. Construí vida digna, honrada, honesta, alicerçada em convicções firmes. Turma do Sarney e do jornal O Estado do Maranhão pode continuar batendo, mentindo, especulando. Em vão…”, ressaltou o secretário.

Ele condenou ainda que o porta voz de Sarney, o jornal O Estado do Maranhão, dedica sua coluna Estado Maior todos os dias para lhe atacar. “Vai e volta na mesma tecla acusatória infundada, mentirosa, torpe. É a cara desse poder que pilhou o Maranhão por décadas e se exaspera vendo nosso Estado no rumo certo”, completou.

Comantário

  1. Gostei dos jagunços digitais, nem assisto mais essa tvmentira, querem tomar o governo de qualquer jeito. Sarney/ 1,2 Bilhoes/ Lobão e João Alberto nunca mais, o Maranhão precisa se libertar de vez.

Comments are closed.