Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Perdoai-lhes, Padre Antônio Vieira, pois eles não sabem o que dizem

Desdobramento da Sermão aos Peixes, a atabalhoada Operação Pegadores, conduzida na semana retrasada pela superintendente da Polícia Federal do Maranhão, Cassandra Parazzi, está marcada por equívocos e erros,  a começar pela imperícia do relatório apresentado ao Ministério Público Federal em novembro de 2016 e corrigido “nas coxas” à véspera da aceitação da denúncia pela Justiça Federal.

No documento, por exemplo, constam várias informações imprecisas, como os nomes de dezenas de funcionários da Secretaria de Saúde do Maranhão (SES) exonerados pelo Governo do Estado desde o ano passado, mas que foram classificados pelos investigadores como os supostos “fantasmas” beneficiados pelo esquema de desvio de recursos públicos.

É por isso que até agora a lista não foi apresentada pelos órgãos de investigação, apesar das cobranças diárias do governador Flávio Dino (PCdoB).

Comantário

  1. O requentamento desta matéria já tá ficando engraçado. Rs
    O Governador insistiu nesta tecla e esqueceu o teclado. Kkkk

Comments are closed.