Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Ribamar será o primeiro município do Maranhão a substituir todo seu parque de iluminação por LED

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, assinou nesta quarta-feira (22) a Ordem de Serviço para os serviços de substituição de 21 mil pontos de iluminação no município. De acordo com o prefeito, o trabalho consiste na troca de lâmpadas de vapor de sódio convencionais por lâmpadas de LED, tecnologia que produz mais efeitos e economia ao erário da cidade.

“São José de Ribamar será a primeira cidade do Maranhão a realizar a troca de seu parque de iluminação convencional por lâmpadas de LED, totalizando cerca de 21 mil pontos. A ação trará ganhos na qualidade da energia fornecida e economia para as contas públicas”, garantiu o gestor.

Durante o ato, Luis Fernando também lembrou do rombo deixado pela administração anterior no setor, que soma mais de 11 milhões de reais. “A conta parece que não vai fechar nunca. Embora o rombo também deixado no fundo de iluminação pública, passe da casa dos 11 milhões, estamos reconstruindo a iluminação pública e hoje começamos oficialmente a troca dessas luminárias”, explicou.

O secretário de obras, habitação, serviços públicos e urbanismo, SEMOSP, Glauber Miranda Garreto, informou que a troca, além de aumentar a qualidade da luz oferecida, também vai proporcionar segurança e um consumo menor.

“As novas lâmpadas, além de consumirem menos energia, são mais resistentes a ação do tempo em relação às atuais e oferecem vida útil de até 12 anos”, explicou, informando ainda que será feita a manutenção em todo o parque convencional.

Ao final do evento, as lâmpadas da região do santuário já estavam todas substituídas.

 

Comantário

  1. Rapaz não tem e nunca terá no Maranhão um prefeito que trabalhe em prou da sua comunidade e do seu município como Luís Fernando esse sim, tem o meu respeito, e o da minha querida mãe e olha que moramos em São luis!!! Mas acompanhamos de perto o q ele faz e tem feito por São José de ribamde Ribamar.

Comments are closed.