Publicidade  Prefeitura de São Luis

Em Brasília, Flávio Dino denuncia mídia controlada por Sarney

Em audiência pública no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (09) em Brasília, o governador Flávio Dino apresentou uma série de abusos e irregularidades cometidas por emissoras de TV da família Sarney e de aliados na campanha de 2014 no Maranhão. O encontro tratou da exposição de candidatos no rádio e na televisão.

Foi a primeira vez que os crimes cometidos pelos veículos de comunicação na campanha de 2014 no Estado foram expostos numa audiência pública na Justiça Eleitoral.

Flávio explicou que o principal grupo midiático do Maranhão é controlado pela família Sarney. Em seguida, ele mostrou um estudo segundo o qual em 2014, quando Roseana Sarney era governadora, a cobertura do jornal Estado do Maranhão era extremamente favorável ao governo. Em 2015, com a troca de gestão, o quadro se inverteu abruptamente.

“No último ano do governo da senhora Roseana Sarney, só tinha notícia positiva. Em 2015, no dia 1º de janeiro, como por encanto, o Maranhão, que era o paraíso na Terra, se transmudou em um inferno sobre a Terra”, afirmou o governador.

O estudo, intitulado de Manchetômetro, mostra que em 2014 a abordagem positiva dada ao Maranhão pelo jornal da família Sarney era de 66%. Em 2015, foi de 8%; em 2016, 5%; e no primeiro semestre de 2017, 3%.

“Todas essas manchetes são reproduzidas numa imensa rede de rádio em todo o Estado, das cinco da manhã até meia noite. E são veiculadas também na TV e nos portais de internet. Ou seja, é multiplicado por milhões de ouvintes e leitores”, disse o governador.

Terror na campanha

Flávio mostrou depois o que chamou de “cinco filminhos de terror” da campanha de 2014.

Um dos filmes mostra o apresentador de um debate agradecendo à mulher de Edinho Lobão e impedindo o então candidato Flávio Dino de falar sobre um tema. “Qual o remédio jurídico para uma situação dessa? Qual a reparação possível?”, perguntou o governador na audiência no TSE.

Outra peça mostra o apresentador de um telejornal da Mirante perguntando a entrevista inteira sobre o comunismo, deixando apenas 30 segundos para os demais temas. “Eu achava que era uma emissora de TV, mas descobri que era uma repartição do DOPS, do DOI-CODI”, ironizou Dino, referindo-se a órgãos da ditadura militar. “Claro que o adversário foi perguntado sobre saúde, segurança, etc. Isso é liberdade de expressão?”.

13 Comnetários

  1. Olha, vou te dar um conselho Blogueiro. Diz para Flávio Dino abrir os olhos, porque ele poderá ser engolido igual Dr. Jackson Lago. Diz também, para o Governador parar com esse negócio de mudar o pagamento dos servidores do Estado para o Bradesco. Esse Banco não tem estrutura para absorver e atender, de maneira satisfatória, o grande número de servidores estaduais. Não tem caixas eletrônicos suficientes, as agências são pequenas, com apenas 2 caixas, cada, e não existem agências em todos os municípios.Conclusão, vai ser um tiro no pé.

  2. Meu Amigo quem diria tao cedo e ja bateu o desespero tudo por conta de voces aliados incompetentes
    Agora virou governador CHORAO
    SIMPLES ASSIM

  3. Força Flávio Dino! Precisamos que vc tenha a força necessária que nos sirva de guia e apoio para que definitivamente livremos o Estado do Maranhão dessas famílias de hienas e sanguessugas donos de ilhas, mansões, shoppings, etc. … e que aqui pseudo-habitam quando convém. Cujas administrações só os tem favorecido enquanto, principalmente, a maioria das cidades do interior de nosso Estado sofre com um atraso de quase secular em relação a cidades presentes no interior de varios estados brasileiros.

  4. Também diga para o seu governador trabalhar de verdade e esquecer a família Sarney. Ele dorme e acorda pensando em Sarney. Se estivesse trabalhando de verdade para o povo do Maranhão, não estava preocupado em falar tanto da família Sarney.

    1. Queria que fosse vc q estivesse sendo perseguido todos os dias e tendo a sua imagem jogado na lama e ficaria calado. “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos justos” (Martin Luther King).

  5. Outro conselho, Dr Flavio Dino so será engolindo se a serpente mentirosa sair debaixo de são Luis, so ela cai engolir primeiro o Grupo Sarney que já passou mais de 50 anos mandando construir escola de taipa nos municípios e Deixando o povo analfabeto. Esse filme de terror que foi verídico nunca mais acontecera no Maranhão, os votos desse grupo estão nos cemitérios, estamos em outra época jogador

  6. Não há doença maior que a ignorância, a imbecilidade. Li a notícia da tal transferência de pagamento do BB para o Bradesco. Porém, por pura burrice política, os analfas não percebem que a notícia é lá do estado da Paraíba. Nada a ver com o Maranhão.
    Os perfeitos idiotas desprovidos da percepção temporal e das analogias do nosso sofrido Maranhão, com as outras unidades federativas, não têm o mínimo de cerimônia de aplaudir alguém que fala em MUDANÇA quando seu grupo passou cinco décadas no comando do estado e ela própria, com quatro mandatos. Oh, Céus, que torpeza! Mudar o quê?

  7. E como explicar o pagamento de mais de 70% das verbas destinadas a propaganda institucional irem para os cofres da Mirante?
    Hoje o Governo do Maranhão é o maior ” Anunciante” da Mirante.
    Será que algum RATO tá levando jaba?

  8. Parabéns governador pela grande mudança que está fazendo no nosso estado ao longo desses quatro anos de governo.
    Está fazendo em 4 anos o que não foi feito em 5 décadas.

  9. O Maranhao precisa de 100 anos pra se recuperar de todas as mazelas sofridas durante os 50 anos de comando de Sarney, Flávio Dino está trabalhando muito mas eles massacraram demais, só no último governo, 1,2 bilhões da Saúde. Agora imaginem em 50 anos quantos bilhões foram desviados pros bolsos dessa quadrilha, enquanto isso o povo morrendo de fome e tendo seus sonhos frustrados, mais recente frustração essa refinaria de Bacabeira que o Governo já sabia que não vinha e ficaram brincando com a população. Sarney nunca mais.

Comments are closed.