Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Candidatura de Roseana inviabiliza Ricardo Murad

O lançamento da pré-candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) ao Governo do Estado, ocorrido na última sexta-feira (03), de imediato, respingou nas pretensões de Ricardo Murad (PRP) que também desejava entrar na disputa e agora será obrigado a mudar seus planos.

Algumas semanas atrás, diante da então indecisão de Roseana sobre pleito do próximo ano, Ricardo que já estava descontente com a cúpula do PMDB resolveu sair do partido, se filiar ao PRP e anunciar sua intenção de disputar a vaga no Palácios dos Leões contra Flávio Dino (PCdoB).

Entretanto, de uma hora para outra, a peemedebista mudou de ideia e anunciou sua candidatura majoritária o que inviabilizou Murad. Fora do Governo e sem recursos, Ricardo esperava contar com o financiamento do grupo Sarney.

Conforme o blog havia anunciado, Murad deve mesmo disputar uma vaga na Assembleia Legislativa em busca de foro privilegiado para conseguir se livrar das investigações do Ministério Público que o acusa de liderar uma quadrilha responsável por roubar R$ 1,2 bilhão da Saúde do Maranhão. Até mesmo sua filha, a deputada estadual Andrea Murad, optou por uma candidatura a deputada federal no próximo ano, para não conflitar com o pai.

Ricardo disputou uma vez a eleição ao governo, em 2002, contra José Reinaldo Tavares (PSB) que era apoiado por Roseana na época. Após distribuir alguns impropérios contra a ex-governadora, Sarney conseguiu cassar o registro de Murad no Tribunal Superior Eleitoral facilitando a vitória do socialista.

Mais uma vez são os “Sarneys” que o tiram da disputa.