Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Câmara de Pinheiro começa a analisar processo de cassação de Luciano Genésio

A Câmara de Pinheiro começa analisar pedido de cassação do prefeito Luciano Genésio (Avante) a partir de desta terça-feira (07). O processo foi encaminhado para apreciação do jurídico da casa e agora será analisado pelos vereadores.

O pedido foi protocolado no último dia 31 por moradores da cidade, entre eles o suplente de vereador, Osmar Pacheco. Entre os argumentos ficaram comprovadas diversas ilegalidades como prática de nepotismo, funcionários fantasmas que recebem vultosos salários e pagamento de remuneração sem lei municipal que a defina. São muitos parentes do prefeito e da primeira dama, Thaise Hortegal, com vencimento acima até mesmo de secretários municipais.

O clima na cidade é tenso. O presidente da Câmara, Elizeu Tanta, solicitou reforço policial. Em grupos de WhatsApp existe uma promessa de protestos contra e a favor do prefeito.

Luciano Genésio assumiu o mandato em janeiro deste ano com a promessa de austeridade e honestidade em seu governo, entretanto, vem acumulando apenas denúncias de corrupção, vexames e ainda por cima os servidores estão com salários atrasados.

Comantário

Comments are closed.