Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Padrasto confessa estupro e assassinato de Alanna; mãe é inocentada

Em depoimento a Polícia na tarde deste sábado (04), Roberth Serejo confessou que matou e estuprou a enteada, Ludmila Alanna, de 10 anos, na última quarta-feira (01).

Roberth foi preso na região da Estiva por volta do meio dia, quando tentava deixar a cidade a bordo de uma van, mas foi reconhecido por policias militares que estavam no mesmo veículo.

O autor confesso do crime contou que tinha uma chave da casa onde estava a menina e sabia que a menor estaria sozinha. O padrasto entrou na residência pela porta dos fundos e surpreendeu a vítima. Alanna foi amarrada, agredida, estuprada e por fim assassinada por asfixia.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Publica, Roberth vai ficar isolado em uma cela no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A delegada Viviane Azamude descartou qualquer envolvimento da mãe, Jaciana Borges, no crime.

Comantário

Comments are closed.