Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Lula adere ao discurso político ao falar de Sarney, nada além disso

Ao declarar gratidão a Sarney (PMDB) em entrevista coletiva para rádios universitárias de Pernambuco nesta sexta-feira, 25, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) apenas fez questão de adotar um discurso político de quem que está em plena campanha eleitoral.

Lula pode ter todos os defeitos do mundo, contudo sabe fazer política como poucos, a exemplo do próprio Sarney. O petista jamais iria desferir ataques gratuitos ao oligarca maranhense, muito menos declarar guerra, até porque a sua disputa eleitoral no próximo ano é para presidente da República, ou seja, ele busca conseguir tantos os votos do eleitorado de Flávio Dino quanto os eleitores da família Sarney. Caso tenha a opção de ser aliado das duas correntes políticas do estado, melhor para ele.

A oposição oligarquica aproveitou a frase de Lula para cogitar um possível apoio do ex-presidente ao candidato da oligarquia, coisa que evidentemente não ocorrerá, até porque o PT não cogita em hipótese alguma aliança com o PMDB.

Lula até pode ser grato a Sarney. Agora dividir o mesmo palanque e pedir votos para Roseana ou qualquer outro candidato sarneyzista, em eventual disputa ao governo do Maranhão, é outra história.