Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Em busca de escola para fazer selfie, Wellington do Curso dá viagem perdida em Pindaré

Diante de uma difícil reeleição para renovação de mandato, sobretudo se o distritão for aprovado, o deputado estadual Wellington do Curso está apelando para a mentiras e factoides em busca de um milagre no pleito do ano que vem. Conhecido pela mediocridade com que conduz o mandato, a ponto de ser rejeitado pelo eleitorado de São Luís na eleição do ano passado, o fã número 1 do cantor Wesley Safadão elegeu se aproveitar do Escola Digna – que está transformando a educação do Maranhão – e tem tido o efeito reverso diante do trabalho apresentado pelo Governo.

Com mais de 600 escolas construídas, reconstruídas e reformadas, o Escola Digna foi escolhido por Wellington do Curso como muleta para uma salvação nas eleições do ano que vem. Diante de um mandato fraquíssimo, o parlamentar agora está percorrendo o Maranhão atrás de escolas que ainda não foram reformadas para “denunciar” as condições precárias e, com isso, cooptar votos se dizendo preocupado com a educação. Em um universo de mais de 1200 escolas no estado, WC está a caça daquela metade que ainda não recebeu intervenção do Governo, mesmo o governador Flávio Dino garantindo que todas as escolas receberão benfeitorias.

Nesta sexta-feira, a van que WC chama de gabinete móvel esteve na cidade de Pindaré, em busca de uma escola para o show de selfie do deputado. O staff de tietes do cantor Safadão percorreu as unidades do estado no município, perguntando para professores, vigias e alunos sobre a situação das estruturas. Sem achar algo para se aproveitar, o “safadinhomóvel” acabou indo somente gastar a gasolina paga pelo dinheiro público, já que quem banca essas viagens é o gabinete do deputado.

Fato parecido ocorreu em Santa Quitéria, no Centro de Ensino Cônego Nestor Cunha, há duas semanas, quando WC chegou sedento fazendo seu vídeo-selfie e deu de cara com a escola em reforma. O vídeo, lógico, nunca foi para as redes sociais. Mas os custos da viagem foram pagas com o dinheiro do povo maranhense.

Desesperado pela reeleição, Wellington do Curso parece que escolheu o caminho errado para isso. E suas travessuras estão sendo desmascarada a cada dia. Como aconteceu com uma escola em Nova Iorque, na qual ele foi pego na mentira e acabou desmoralizado pelos colegas deputados e pela população maranhense, que está de olho nos oportunistas.

Comantário

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tua reportagem sobre Pindaré é uma mentira descarada. As escolas do estado são um lixo, a reforma do Jerusa precarissima, a pintura já tá toda estourada. Vc não sabe nada da realidade local, e quem lhe passou essas informações quis alfinetar o deputado pq este veio acolher a situação dos aprovados no último concurso. Uma pena a mídia ser usada para inverter os fatos. Mas, o povo já está acostumado com isso.

Comments are closed.