Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Davi não resiste ao desgaste da sua gestão, mas se mantém no governo na cota de Bira

A saída de Davi Teles da Caema é o capitulo final de um roteiro já anunciado. Em dois anos e meio de sua gestão, não conseguiu cumprir metas e muitas das promessas não foram cumpridas.

Primeiro pelas praias da região metropolitana de São Luís, boa parte continua poluída e tem sido alvo constante de críticas da oposição. Teles dizia que todas ficariam próprias para o banho, o que não ocorreu, motivo de cobrança também por empresários ligados ao setor de turismo.  O programa Mais Saneamento deveria resolver a situação, mas até agora não tem surtido o efeito desejado. Na Lagoa da Jansen, outro cartão postal da capital, o mau cheiro impera.

A Caema também é constante alvo das reclamações por parte da Prefeitura de São Luís por conta dos constantes danos à malha viária da capital. No momento em que governo e prefeitura anunciam o asfaltamento de 200 quilômetros de ruas e avenidas, é sintomática a mudança de comando da companhia estadual, que coordena várias obras de saneamento em São Luís. Sem falar nos inúmeros casos de falta de água nos municípios cuja competência de abastecimento é da Caema, como no caso de Imperatriz. A substituição da tubulação do Italuís, prometida para ser concluída em junho, até agora não foi entregue.

Teles assume a Secretaria de Ciência e Tecnologia como “prêmio de consolação” pela sua ligação com o deputado estadual Bira do Pindaré. Em seu lugar na Caema, entra o servidor Carlos Rogério. Jonathan Almada, ex-secretário de Ciência e Tecnologia, acabou rebaixado, e agora se dedicará exclusivamente aos IEMAs.

3 Comnetários

    1. Quem é Davi Telles , algum dono de mercearia do Bairro do Umbral? , Em são Luís, passou sem ninguem saber quem é, ou o que fez, nada. O governador perdeu muitos votos com este inútil, há perdeu.

  1. Flávio Dino que tomé cuidado com os auxiliares que nomeia, pois os DRAGÕES ESTÃO DE OLHO. Cuidado com quem se alia nesta política no Maranhão, Sarney é raposa, e perigosa, já Bira do Pindaré, coelho sem votos.

Comments are closed.