Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

A rejeição de Imperatriz a Roseana Sarney e às pesquisas fraudulentas da oligarquia

A pesquisa Exata realizada em junho para avaliar o cenário político para 2018 em Imperatriz, mais precisamente a disputa ao Governo do Estado, não trouxe nenhuma novidade em termos de resultado. A liderança folgada de Flávio Dino (PCdoB) e a rejeição absurda de Roseana Sarney (PMDB) traduzem o sentimento de revolta dos imperatrizenses em relação ao Clã Sarney.

Em todas as eleições que disputou ao Governo do Estado, Roseana sempre perdeu de lavada na cidade. No ano de 2006, quando derrotada por Jackson Lago, o pedetista obteve 76,62% dos votos contra 23,28% da peemedebista. A rejeição do segundo maior colégio eleitoral do Maranhão à herdeira favorita de José Sarney foi decisiva naquela eleição.

Quatro anos depois, apesar de uma campanha milionária financiada pelos cofres públicos e vencer no primeiro turno as eleições, em Imperatriz, a “Princesa da Odebrecht” garantiu apenas 14,48% dos votos. Jackson novamente obteve votação expressiva (73,63%) e Flávio Dino, que ainda disputava sua primeira eleição para o Palácio dos Leões, obteve 11,5% dos votos.

Em 2014, ao ser eleito governador do Maranhão, Dino chegou à quase totalidade da votação (84,32%). Aberta as urnas, o suplente de senador Lobão Filho (PMDB), candidato da oligarquia, faiscou com apenas 13,22% dos votos.

Na campanha eleitoral de 2016, mesmo sendo do PMDB, o atual prefeito Assis Ramos vetou a participação de Roseana em sua campanha eleitoral, justamente por saber da rejeição a ex-governadora, orientado pelo ex-secretário de Comunicação Sérgio Macedo – um dos magos do marketing a serviço dos Sarney.

Portanto, qualquer pesquisa ou instituto que aponte liderança de Roseana em Imperatriz sobre os demais pré-candidatos ao Governo do Estado, principalmente em relação ao governador Flávio, está recorrendo ao manjado truque de manipulação de números.

Para tirar a prova dos nove, baasta uma volta nas ruas da verdadeira “Princesa” do Maranhão e Tocantins.

Não por acaso, Roseana não põe os pés na cidade há mais ou menos três anos.

8 Comnetários

  1. Sou de Imperatriz, e essa matéria está equivocada. Dino não está muito forte aqui não, nas filas, nas rodas de conversas, as pessoas sem arrependeram de terem votado nele. O que vai acontecer aqui, pelo menos se continuar a inércia do governador para com Imperatriz é a divisão de votos, os votos, os 84% que ele teve em 14, vai se dividir entre Roberto, Braide e a Maura. E isso vai refletir bastante, são 150 mil eleitores só em Imperatriz, a região metropolitana da cidade abarca os 279 mil votos! Vai fazer diferença. Na capital também o Dino não vai bem, Caxias, nem em Santa Inês… isso vai pesar! Não trabalho para ninguém, é só meu ponto de vista. Governador bom para Imperatriz foi o Jackson: Escolas, hospital, estádio, ponte, rodoviária. Dino fez o quê? Nada, não comparado aos mais de 120 mil votos que ele ganhou aqui e, a rejeição da Roseana tá caindo. Tenho um amigo, o seu Raimundo, ele fechou a loja dele, Dino meteu impostos no setor. Pelo menos, os empresários não vão votar nele, fecharam com a Roseana, bem… é aguardar.

  2. Como sempre disse em outros blogs imperatriz tá mudando o seu posicionamento sobre a ex-governadora Roseana Sarney….. Logo que imperatriz elegeu um candidato do PMDB e nas outras cidades da região Sul muita gente não está satisfeito com o governador…. E isso sem dúvida é um prato cheio para a ex-governadora Roseana Sarney…. Então se cuida pq Roseana ainda nem declarou se é ou não pre-candidata ao governo e a turma do governador Jaques estar assim fazendo de tudo para desqualifica-lá… Há e 2018 tá bem aí…. E aguardar e conferir….

    1. Marciano, concordo. A questão nem é se a Roseana é ruim, o problema é que o Flávio é péssimo, pelo menos aqui, em Imperatriz.

  3. Moro Imperatriz sempre fui contra a Roseana!
    Mais ano que vem voto na Roseana por revolta a Flávio dino. Flávio dino está acabando o comércio com aumento de imposto, além que não paga pequenos convênios de empresas.

    1. Silas, concordo contigo. Por causa dos impostos do Dino, um amigo meu, que trabalha no Mercadinho no ramo de peças, ele tinha 11 funcionários, nesse ano, caiu para 3, e fechou agora em maio. Eu também não gosto da Roseana, mas no Flávio eu não voto. Houve a mudança, mas a mudança para pior. Governador bom, foi o Jackson, lembra que ele fez muito em dois anos, né?! Ele sim foi bom para nossa querida Imperatriz!

  4. Tbm sou de Imperatriz, e faço das palavras do Luan e as minhas , Flavio dino aqui em Imperatriz nunca mais, a cidade nunca aceitou cabresto nenhum , e nao é agora qui aceitará , sempre si mostrou uma cidade rebelde e independente , esse blog ai do marrapa é muito, é mentiroso , porque esse Weverton Rocha e Zé reinaldo ngm nao quer nem saber aqui n, o povo aqui vai vota é na eliziane gama ,e essa maura Jorge e roberto rocha vai é surpreender aqui em Imperatriz… Esse governador ai pode fazer estrada de ouro aqui qui nao ganha mais nao…

Comments are closed.