Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Hildo Rocha defende “distritão” buscando garantir reeleição

O deputado federal Hildo Rocha é um dos parlamentares do PMDB que estão na linha de frente para exigir a implantação do “distritão” na reforma política, a ser analisado a partir de agosto. O sistema garante a eleição ao legislativo aos mais bem votados em cada Estado. Ao contrário do método atual, proporcional, e que soma o número de votos de todos os candidatos e na legenda e a partir daí define a quantos assentos o partido terá direito.

“Há uma maioria na Câmara a favor da proposta, apenas existe uma discordância se o sistema deve ser transitório ou permanente”, afirmou o deputado Hildo. “Só não há consenso porque a oposição é contra”, completou.

A manobra dos peemedebistas seria uma forma de assegurar a própria reeleição e, consequentemente, manter o foro privilegiado. Na visão dos parlamentares, o “distritão” dificultaria a renovação da Câmara e favoreceria a permanência dos deputados no poder, uma vez que eles têm recall, visibilidade midiática e máquina administrativa.

Deputados do PMDB, PSDB e de ao menos oito partidos do Centrão firmaram acordo para exigir a mudança no sistema para as eleições na Câmara. O relator da reforma politica, Vicente Cândido (PT-SP), sugere um sistema “transitório” para as eleições de 2018, os parlamentares já articulam o “distritão” como sistema permanente.

A proposta foi tema de debate em uma reunião na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na quarta-feira da semana passada.

Comantário

  1. Está certo o Deputado, tem que defender seus interesses pessoais. Burro é o povo que ainda vai reeleger uma aberração dessa. Por isso que estamos nessa lama de corrupção.

Comments are closed.