Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Contra trabalhadores do MA, ‘Asa de Avião’, ‘Esquálido’ e ‘Carcará’ votam pela Reforma Trabalhista

Não houve surpresa sobre o posicionamento dos senadores do Maranhão em relação a votação da Reforma Trabalhista aprovada nesta terça -feira, 11, em Brasília.

Aliados do presidente Michel Temer, Roberto Rocha, João Alberto e Edson Lobão rezam na cartilha do Planalto em troca das benesses do poder e por isso votaram pela aprovação. Em relação aos dois últimos é até explicável, afinal, são do PMDB. RR contrariou o posicionamento do PSB, legenda que fechou questão contra as mudanças na CLT.

O mais impressionante é que a proposta foi amplamente reprovada e gerou muitos protestos de movimentos sindicais no estado. Pesquisa recente, realizada pela Revista Brasil Econômico, apontou que 58% dos trabalhadores são contra a reforma, número que aumenta para 64% quando são retratados brasileiros com curso superior. Outros 23% são a favor e 29% não souberam opinar.

Mesmo assim a maioria esmagadora da bancada maranhense foi a favor. Entre senadores e deputados federais, são 20 no total. Apenas cinco foram contra: Weverton Rocha, Luana Alves, Zé Carlos, Eliziane Gama, Deoclides Macedo e Rubens Júnior.

Certa ou errada, aprovação da Reforma Trabalhista foi uma vitória política do governo Temer com a rubrica dos parlamentares maranhenses. Nenhum, no entanto, teve a decência de vir a público explicar seu posicionamento.

O texto segue agora para sanção presidencial em até 15 dias.